Alimentos Industrializados X Alimentos Naturais

Muitas vezes as crianças não aceitam bem os alimentos do dia-a-dia oferecidos pelos pais, ou na hora de comer ficam separando no prato o que encontram de temperos e verduras. E com isso as mães precisam usar a criatividade para “disfarçar” alguns alimentos e, muitas vezes recorrem aos industrializados que na embalagem diz: “ricos em vitaminas e sais minerais” como sucos, iogurtes, hambúrgueres, nugget’s, massinhas, sopinhas, biscoitos… Então perguntamos: será que vale a pena oferecer este tipo de alimentos?

Por exemplo, as bolachas comercializadas são na grande maioria fortificadas, mas a quantidade de nutriente acrescentado é tão pequeno que não faz muita diferença. É correto dizer que satisfaz e fornece grande quantidade de carboidratos, mas junto também tem gordura e açúcar, deixando a criança sem fome. O risco é que, os pais, à vezes, ficam achando que alimentaram corretamente seu filho, mas na verdade ficou faltando algumas vitaminas e sais minerais, necessitando assim de complemento, portanto a criança, por já estar saciada, não aceita mais nada. Nossas necessidades são supridas com a variedade de alimentos, bem como a qualidade destes, portanto quanto mais naturais, melhor para o nosso organismo.

Até mesmo nós adultos, na correria diária acabamos recorrendo aos industrializados de vez em quando. Não podemos esquecer que a ingestão de alimentos in natura como verduras, frutas, carnes magras, arroz e feijão, leite e grãos, são muito importantes para a manutenção da saúde e prevenção de doenças. Portanto, se as crianças (ou adultos) não aceitam bem os alimentos naturais, trocar a forma de preparo é uma boa opção, para: sopas, purês, pudins, cremes, panquecas, tortas, sucos, batidas, e após ingerir o que é necessário, se complementa com produtos fortificados, sempre cuidando no rótulo para evitar as gorduras trans, o excesso de açúcar, sal, gordura e carboidrato simples.

Com as crianças, vale a negociação, após concientizá-las da alimentação correta, pode-se combinar o dia da guloseima preferida, mas que não seja freqüente, por exemplo: uma vez na semana ou no mês.

Uma boa sugestão é expor frutas e legumes numa cesta na cozinha, também vale misturar alguns artificiais, para a cesta ficar sempre colorida e farta, estimulando assim, o consumo a alimentos saudáveis, ao contrário dos biscoitos que devem estar bem escondidos no armário.

Ao nosso prato diário de almoço e jantar, todo mundo sabe, tem que ser “colorido”, ou seja, verde das verduras, vermelho, do tomate, roxo, da beterraba ou da berinjela, laranja, da moranga, branco, do aipim e preto dos grãos.

A cada lanche do dia, acrescente uma fruta diferente. E nos intervalos beba água. Então não terá erro, é saude, bem estar e disposição na certa.

No Comments Yet
  1. Olá!
    Estou precisando esclarecer algumas questões sobre grãos. Podem me ajudar?
    1. Ao processar a aveia em lâminas ou flocos grossos, a farinha obtida pode ser chamada de quê? Farelo, fibra ou…Farinha de aveia processada?
    2. E no processamento da proteína texturizada de soja, que produto vou obter?
    3. Que família é mais rica em nutrientes: trigo, soja, aveia, gergelim,linhaça…E qual delas é mais recomendada para dietas de emagrecimento?
    4. O que pode ser feito com a cevada, além de uma bebida que se assemelha e pode substituir o café?
    5. Vale a pena trocar o sal refinado pelo sal light ou basta usar o sal marinho, que se obtem os mesmos benefícios?
    6. Qual a diferença entre açúcar mascavo e açúcar demerara?
    7. O xarope de guaraná tem o que do guaraná em pó? Que bem eles fazem à saúde?
    8. O trigo para quibe é o mesmo que farelo e/ou fibra de trigo?
    9. O que é farinha de glúten? Ela pode ser substituída em uma receita? Acho que ela é usada para dar a liga que o trigo integral não tem; isso está correto?
    10. O que devo acrescentar aos pães integrais que faço, para que fiquem macios e frescos por mais tempo, como os industrializados?
    Por enquanto é "só" isso!!!

    Desde já, agradeço

    Nath.

  2. Olá!!!

    Queria saber c dispõem de algum material sobre alimentos industrializados. Em específicos sobre lanches como esses vendidos em Franquias como a MC Donalds e Bob's,q são cada dia mais apreciado por milhares de pessoas.
    Estou fazendo uma pesquisa, e encontrei bem pouco sobre estes.

    Meus agradecimentos.

  3. OII por favor preciso que me ajudem … tenho que encontrar a diferença entre alimentos in natura e industtializados, suas vantagens e desvantegens.
    Por favos quem souber me ejude.
    Obg

  4. Olá sou a Nicole prefiro que me chame de Nick Reis, eu estou no colégio Vale Encantado e estou na segunda série e minha classe e eu
    estamos fazendo uma pesquisa para fazer uma lista do que comemos exemplo:In natura e industrializados

  5. olá eu estou precisando faser um trabalho sobre 20 alimentos naturais,
    alimento sintético e alimento industrializado,
    e saber seus valores calóricos e suas composições orgãnica….
    vlw muito obrigado pela atenção….

  6. eu acho que a diferença é muito grande alem disso os naturais fazem muito bem a saúde,apesar de dizer na embalagem rico em vitaminas os indústrilizados não contém essas vitaminas que imformam na embalagem

  7. Minha filha está no 3º Ano do ensino fundamental e precisa fazer um trabalho sobre alimentos industrializados e não – industrializados, mas não estou bem certa da definição exata de cada tipo de alimento, ou seja, da diferença entre ambos. Gostaria de informações sobre isto. Desde já agradeço e espero resposta.
    Maríci

  8. estou estudando sobre alimentos industrializados e naturais.A minha professora achou interessante por isso esta leitura ajudou na minha saúde.Parabéns pela pessoa que criou esse site…

  9. antes de ler eu me perguntei o que é alimentos industrializados e alimentos naturais. dpois de ler os textos já sei o que é alimentos naturais e alimentos industrializados;os alimentos naturais são alimentos puros ou sejá alimentos que não passaram por nenhum tipo de prossesso quimico e principamente a fruta fica cem pocento;alimentos industrializados são a queles alimentos que já passaram por algum tipo de de prossesso quimico que a fruta principalmente não fica cem possento por que a fruta é a que sofre mais com isso.

  10. SERÁ QUE ALGFUÉM DESTA REDE PODERIA ESCLARECER AS PERGUNTAS SOLICITADAS AVCIMA QUE REPRODUZO PARA ESCLARECIMENTO DE MAIS PESSOAS INTERESSADAS:

    " Estou precisando esclarecer algumas questões sobre grãos. Podem me ajudar?
    1. Ao processar a aveia em lâminas ou flocos grossos, a farinha obtida pode ser chamada de quê? Farelo, fibra ou…Farinha de aveia processada?
    2. E no processamento da proteína texturizada de soja, que produto vou obter?
    3. Que família é mais rica em nutrientes: trigo, soja, aveia, gergelim,linhaça…E qual delas é mais recomendada para dietas de emagrecimento?
    4. O que pode ser feito com a cevada, além de uma bebida que se assemelha e pode substituir o café?
    5. Vale a pena trocar o sal refinado pelo sal light ou basta usar o sal marinho, que se obtem os mesmos benefícios?
    6. Qual a diferença entre açúcar mascavo e açúcar demerara?
    7. O xarope de guaraná tem o que do guaraná em pó? Que bem eles fazem à saúde?
    8. O trigo para quibe é o mesmo que farelo e/ou fibra de trigo?
    9. O que é farinha de glúten? Ela pode ser substituída em uma receita? Acho que ela é usada para dar a liga que o trigo integral não tem; isso está correto?
    10. O que devo acrescentar aos pães integrais que faço, para que fiquem macios e frescos por mais tempo, como os industrializados?
    Por enquanto é “só” isso!!! "[[

    Perguntas da Nath

    Abraços Flávio

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>