Benefícios do Chá de Hibisco

Depois do sucesso do chá verde, o chá de hibisco, que é antioxidante, digestivo, diurético e anti-inflamatório, vem despontando como o queridinho do momento tanto para conservar a saúde quanto para ajudar nos processos de eliminação e manutenção de peso.

Mas não é só, pois ele ajuda, ainda, a amenizar os sinais do envelhecimento, evitar o inchaço, desintoxicar o organismo e até combater as inflamações.

Há estudos que sugerem que ele atue, inclusive, na redução da formação de novas células de gordura, o que ajuda – e muito – na perda de peso. No mais, é diurético, o que combate a retenção de líquidos e a celulite, acelera o metabolismo, é termogênico e facilita a queima de gordura.

Como elimina as toxinas, é importante no emagrecimento, já que essas substâncias dificultam bastante a eliminação do peso extra e ajudam a reter líquidos, deixando a pessoa ainda mais inchada.

Outros estudos demonstram que o consumo diário do chá de hibisco reduz a pressão arterial, o que ótimo para pessoas com problemas relacionados à hipertensão.

Captura de tela inteira 31032013 204538

Ele é rico em antocianinas, um antioxidante potente, que combate os radicais livres e evita o envelhecimento precoce, além de reduzir o risco de inúmeras doenças e de aumentar as defesas do organismo, turbinando o sistema imunológico.

Mais Benefícios:

  • Reduz  as taxas de colesterol e triglicérides no sangue.
  • Reduz as taxas de glicose no sangue.
  • Possui propriedades hipotensoras.
  • Retarda o envelhecimento da pele.
  • Auxilia em casos de constipação intestinal.
  • É rico em minerais como magnésio, ferro e cálcio.
  • Contém fibras solúveis (mucilagens).
  • É rico em vitamina C.
  • Tem efeito preventivo contra o câncer.
  • Protege o organismo das doenças cardiovasculares.
  • Fortalece os ossos.
  • É fonte de aminoácidos.

Como Consumir?

As folhas secas do hibisco são facilmente encontradas em lojas de produtos naturais, mas pode, ainda, utilizar a versão em cápsulas ou em pó.

As folhas secas são utilizadas em chás, que são feitos em infusão em água quente. Aqui vale lembrar que nenhum chá pode ser requentado, sob pena de perder todos os benefícios. No caso dos chás, o ideal é consumir de 500 ml a 1 litro por dia.

A versão em pó pode ser misturada em sucos, shakes, vitaminas, iogurtes ou mesmo com água quente ou fria.

A opção “em pó” é ideal para quem não gosta do sabor do hibisco, já que ele é comercializado em sabores diversos, como framboesa, limão e frutas vermelhas, por exemplo.

O ideal é consumir a bebida entre as refeições, de preferência quatro vezes ao dia, para “enganar” a fome. Contudo, convém lembrar que, apesar de ser um importante aliado na eliminação do peso excedente, ela não passa de um coadjuvante, o que significa que não faz milagres e não age sozinho. É  preciso, para que faça o efeito desejado, que seja acompanhado de uma dieta equilibrada.

Quanto às contra indicações e os possíveis efeitos colaterais, não existem relatos na literatura médica, mas o correto é que o seu consumo seja indicado e acompanhado por um nutricionista, sobretudo no caso de gestantes e lactantes.

Visite nossa página no Facebook

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook:

... ou se não tiver facebook, deixe seu comentário abaixo: