Beleza

Depilação em casa é econômica, mas precisa de técnica

By  | 

O momento de fazer a depilação não é um dos mais confortáveis na vida de uma mulher. Ao perceber os pelinhos crescendo, muitas optam pela lâmina de barbear, que pode parecer mais prática, mas exige muitos retoques ao longo da semana. Para evitar o uso dessa técnica várias vezes por meses, a opção mais comum é o uso de cera quente, principalmente com uma depiladora profissional.

Mas ter que aguardar os pelos crescerem para voltar ao salão é muitas vezes desconfortável e não muito estético. Nesse momento, para não escolher novamente a lâmina e nem ter que marcar horário com a profissional, há quem decida por fazer a depilação com o material utilizado pela depiladora por conta própria. Só que não adianta pensar que o processo é tão simples.

É preciso ter técnica e usar os produtos certos, de preferência os mesmos usados pela sua depiladora de confiança, já que você sabe que a estes produtos sua pele não apresenta nenhuma reação alérgica. Mas antes de começar o processo dolorido e necessário, é importante garantir que a pele está preparada para a depilação. Tomar um banho com sabonete neutro ajuda a garantir que o corpo está livre de cremes e desodorantes, e faz com que a aderência da cera seja maior. Assim evita-se a necessidade de repetir o movimento de puxa-puxa mais vezes que o necessário.

A cera é também outro elemento essencial, com o qual se deve ter atenção. Sempre compre ceras industrializadas, pois elas passam por inspeções sanitárias que garantem a higiene do produto. Não importa se você escolher a opção quente ou fria, quando aplicadas de maneira adequada todas são muito eficientes. Há muitas variações do produto no mercado: a cera com mel, por exemplo, é bastante eficiente mais causa um pouco mais de dor, enquanto a de jojoba é ideal para a região do buço, que é mais sensível e pode incomodar mais.

Uma dica importante é nunca reutilizar o material. As bactérias podem se proliferar entre uma aplicação e outra, e o corpo pode se infectar ao final da depilação. Além da cera, a espátula, as folhas depilatórias e as luvas devem ser todas descartáveis. Só assim se garante a higiene em todo o processo.

Com o material adequado, é importante saber fazer a aplicação. O correto é seguir e respeitar o sentido de crescimento dos pelos, não importa a região do corpo. Em áreas em que os pelos crescem para diferentes sentidos, vai ser necessário aplicar a cera para todos os lados. Para puxar o pelo, o sentido é o oposto: vá na direção do pelo, e puxe com vigor e rapidez, ainda que com o máximo de delicadeza e firmeza possíveis.

Depois que todo o processo estiver concluído, é hora de finalizar a depilação. Assim, evitam-se manchas e até mesmo a sensação desagradável de que a pele está grudando depois. Passe um gel com substâncias calmantes como camomila ou calêndula. As próprias marcas especializadas em depilação oferecem produtos para o pós-depilatório que são muito eficientes. Nada de passar cremes ou hidratantes – dê um tempo para a pele sensível respirar. Vista uma roupa confortável e se prepare para exibir a pele lisinha por aí!

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico minha vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, não poderia fazer outra coisa na vida. Com muito amor compartilho minhas dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros.com.br. E-mail: [email protected] @blogdakika

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!