Saúde

Anticoncepcionais aumentam o risco de desenvolvimento de lúpus

By  | 

Mulheres que fazem uso de pílulas anticoncepcionais, principalmente aquelas que começaram a fazer uso do medicamento a pouco tempo, podem enfrentar um risco maior de ter lúpus, doença auto-imune. Na verdade, a ligação entre lúpus e contraceptivos já vem sendo debatida há alguns anos, estudos recentes acrescentam novos argumentos aos primeiros estudos, mostrado uma ligação forte entre ambos.

O lúpus é causado pela inflamação aguda de diversos tecidos do corpo, onde sistema imunológico ataca erroneamente células e tecidos que na verdade estão saudáveis. Novas pesquisas analisaram cerca de 1,8 milhões de mulheres inglesas, sendo que todas elas tiveram prescrições médicas para o uso contraceptivos orais. O estudo durou cerca de nove anos, analisando cerca de 800 pacientes que haviam desenvolvido lúpus.

O lúpus é causado pela inflamação aguda de diversos tecidos do corpo, onde sistema imunológico ataca erroneamente células e tecidos.

Os contraceptivos orais foram associados com um risco 2 vezes maior de desenvolver lúpus. Outro fato curioso, é que, o risco foi muito mais elevado durante os primeiros três meses após o início do uso da pílula, apresentando um risco 3 vezes maior. Os estudo concluiu que o aumento considerável de estrogênio causado pelo o uso de contraceptivos orais causam o risco elevado.

O estrogênio pode afetar a imunidade do corpo, o que de fato, poderia provocar uma predisposição genética para o lúpus. Os estudos mostraran que novos contraceptivos orais, que contêm baixas doses de estrogênio, apresentam riscos menores de desenvolvimento da doença. Felizmente, para a maioria das mulheres, esse é muito pequeno, todavia, mulheres que fazem uso de contraceptivos orais devem avaliar a situção. O aumento do risco não é o mesmo para todas as mulheres que tomam contraceptivos orais.

Quanto maior a dose de estradiol em mulheres que foram iniciados em contraceptivos orais nos últimos três meses, maior o risco para o desenvolvimento de lupus. De fato, essa é uma informação muito útil em termos de prescrição de um contraceptivo oral. É muito importante que as mulheres coloquem esse risco em uma balança, o risco de desenvolver lúpus e o de ficar grávida.

Todavia, é válido lembrar que não existe nehum tratamento eficaz que não apresente risco algum. Por isso, é preciso priorizar as necessidades ao realizar a intervenção por medicamentos e fazer a escolha.  Essas informações são extremamente importantes, principalmente se levamos em consideração o contato cada vez mais precoce que os jovens estão tendo com sexo. Vale lembrar que também existem diversos tratamentos eficazes contra o lúpus, no entanto, seu uso deve ser indicado por um médico.

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico a vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, por isso... com muito amor <3 compartilho dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros. Insta: @blogdakika E-mail: [email protected] Lindona, se gostou, clica na estrelinha acima e vote ;-) Compartilhe com suas amigas. Beijos no coração.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!