Saúde

De médico e hipocondríaco todo mundo tem um pouco

By  | 

É muito comum que as pessoas se preocupem com a saúde.

Mais comum ainda é encontrar os “peritos” que nunca estudaram medicina ou nada parecido, mas se julgam aptos a diagnosticar sintomas de diversas doenças.

E pior! Ainda prescrevem um remedinho ou aquela receitinha caseira milagrosa!

Fique alerta, a preocupação em demasia com a saúde e automedicação constante, podem ser de sintomas de um distúrbio psiquiátrico mais conhecido com Hipocondria.

O transtorno hipocondríaco, também é conhecida como a neurose de doenças.

Gostamos de brincar com algumas pessoas chamando-as de hipocondríacas, comentando o fato de que fulano é tão maníaco por doenças e remédios, que chega ser hilário.

Parece engraçado, mas o assunto é muito serio!

Obcecados pelo próprio estado de saúde, acabam virando refém de doenças imaginarias com efeitos subjetivos, presos a uma realidade de constante tristeza e medo.

O medo de ficar doente e da morte chega ser tanto que os hipocondríacos começam contestar até as avaliações médicas, afirmando que estão realmente doentes e muito provavelmente morrendo. E quando não conseguem uma resposta do especialista confirmando suas suspeitas de estarem com a saúde debilitada , costumam não se dar por vencidos . Então começa uma busca desesperadora por tratamentos e medicamentos dos mais absurdo, na maioria das vezes sem prescrição  médica.

O irônico é que isso acaba colocando suas vidas em um risco constante.

Não é que o Hipocondríaco não desenvolva doenças, ele é um ser humano comum em relação a isso, o problema esta é na cabeça de um doente de hipocondria, por ela passam as mais inimagináveis e terríveis formas de achar que possui doenças graves e muitas vezes terminais.

Eles também acabam interpretando sintomas de uma forma exagerada, onde certamente uma simples dor de cabeça lhe parecera um tumor cerebral.

Frequentar consultórios médicos é quase uma rotina, a farmácia é como uma verdadeira Disneylândia, e a automedicação é defendida como um bem necessário pelo hipocondríaco.

É importante não deixar estes sintomas passarem despercebidos!

Pessoas com esse problema sofrem e sofrem muito, necessitando de tratamento psicológico.

A Hipocondria acaba afetando em maioria as pessoas que passaram por situações traumáticas como Lutos, perdas, separações, alterações do estatuto social, perda de funções ou capacidades, momentos críticos como adolescência, velhice, menopausa e andropausa.

Não considerada depressão mas pode acarretar sintomas depressivos e de ansiedade, também não é uma doença classificada como psicossomática.

Vale lembrar mais uma vez que Hipocondria não é assunto para ser tratado com piadas e descaso,  e sim com acompanhamento médico psicológico e principalmente com apoio de parentes e amigos próximos.

Ficou com dor de cabeça só de ler tudo isso? Xiiii… Faz assim, corta a cabeça fora, faz um caldo e toma que passa! Receita infalível da mamãe, rsss.

 

Fonte de pesquisa: Manuel Matos. HIPOCONDRIA:A INSTITUIÇÃO NECESSÁRIA. Revista Portuguesa de Psicossomática.

 

 

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico a vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, por isso... com muito amor <3 compartilho dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros. Insta: @blogdakika E-mail: [email protected] Lindona, se gostou, clica na estrelinha acima e vote ;-) Compartilhe com suas amigas. Beijos no coração.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!