Curiosidades

A origem dos sobrenomes

By  | 

Apesar de ser algo que parece existir desde sempre, os sobrenomes só vieram depois de algum tempo da vida do homem em sociedade.

E o crescimento da população é um dos fatores que levaram à instituição do sobrenome para identificar as pessoas e facilitar a transmissão de heranças aos verdadeiros detentores desses direitos. Que tal conhecer a história dos sobrenomes? Confira.

nomes nuvem

Como tudo começou…

A história do sobrenome teve início com os chineses e estima-se que a sua aparição data de 2.852 a.C. Segundo as lendas relacionadas ao assunto, foi do Império Fushi o decreto que determinava o uso dos nomes de famílias. Eles possuíam normalmente três nomes, na seguinte ordem: primeiro, o sobrenome – que devia ser escolhido entre as 438 palavras do poema sagrado “Po-Chia-Hsing”. Após, vinha o nome de família, oriundo também de um poema de 30 personagens, adotados por cada família. Por fim, em último lugar, vinha o nome próprio.

A civilização romana, por sua vez, adotava apenas um nome próprio e, com o tempo, passou a utilizar até três. Chamado de praenomen, ele vinha em primeiro lugar, seguido do nomen, designativo do clã. Em último lugar, vinha o nome da família, o cognomen.Também era possível encontrar um quarto nome, o agonomen, que se destinava à celebração de atos ilustres ou eventos que marcaram a história.

Curiosidades sobre a formação dos sobrenomes

A formação dos sobrenomes que figuram em nossos documentos de identificação tem diversas origens, algumas bastante curiosas. A maioria dos sobrenomes hoje existentes deriva basicamente da evolução de seis raízes principais. São elas:

Características: pessoas com características ligadas às habilidades animais costumavam adotar os nomes dessas espécies como sobrenome. Assim, bons nadadores adotavam o sobrenome Fish (peixe), os astutos, Fox (raposa), por exemplo.
Ocupação: as atividades profissionais também eram utilizadas para designar os sobrenomes. Dessa forma, em inglês, John, caso fosse ferreiro, se chamaria John Smith, um dos mais vistos naquela população. Se fosse marceneiro, seria John Carpenter e assim por diante.

Honrarias: alguns cidadãos recebiam sobrenomes advindos de seus atos de nobreza e esses eram extensivos aos seus descendentes, tais como: Valente, Bandeira, etc.
Localidade: a proximidade com alguns locais também era utilizada para a formação da identificação das pessoas. Só para citar alguns exemplos, temos os sobrenomes Brook e Overhill. É possível identificar essa relação com a localidade nos sobrenomes se observarmos a sua grafia. Assim, -ford estaria relacionado a locais próximos do leito de um rio e -wood, de uma floresta.
Religião: nações ligadas às doutrinas cristãs têm diversos sobrenomes ligados à religião, tais como: dos Anjos, de Jesus, do Espírito Santo, Batista, entre outros.
Patronímico e matronímico: são os sobrenomes indicativos dos nomes do pai e da mãe. Joana Fernandes, então, significa, Joana, filha de Fernando.

Gostou da história por trás dos sobrenomes? Faça a pesquisa de sua genealogia e encontre o significado do seu!

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico a vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, por isso... com muito amor <3 compartilho dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros. Insta: @blogdakika E-mail: [email protected] Lindona, se gostou, clica na estrelinha acima e vote ;-) Compartilhe com suas amigas. Beijos no coração.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!