Ciências

Os cientistas mais malucos de todos os tempos

By  | 

O ditado popular não nega: de médico e louco, todo mundo tem um pouco. E não poderia ser diferente com as mentes brilhantes.

Se nós, pobres mortais, temos forte tendência à loucura, por que as mais notáveis personalidades do campo das ciências estariam livres de passearem pelo universo da insanidade em alguns momentos de suas vidas? Surpreenda-se com este post, que traz algumas famosas personalidades que fizeram história por seus inventos e seus “parafusos a menos”. Confira.

einstein rezando

1 – Albert Eistein

A cabeleira dessa figura mais do que conhecida em todo o mundo já dava sinais de seu pé na loucura. O cientista, figura carimbada entre os mais famosos do século 20, revolucionou a Física com sua Teoria da Relatividade e deu brilhantes contribuições relacionadas à gravitação e à teoria quântica. Por hobby, ele levava seu veleiro para a água em dias de vento, para sentir no rosto os ventos do desafio.

2 – Leonardo da Vinci

Um homem excêntrico por natureza, Da Vinci foi matemático, pintor, escultor, engenheiro, inventor, anatomista, escritor, músico e botânico. Incrível? Foi dele a criação de vários projetos de engenhocas muito à frente de seu tempo, como o helicóptero rudimentar.

Além de todas essas funções, esse homem de vanguarda tinha o hábito de escrever seus esboços em letra cursiva na forma espelhada, que centenas de anos depois se tornaram máquinas de verdade.

3 – Nikola Tesla

Esse gênio, nascido sugestivamente durante uma violenta tempestade de raios, ganhou fama por suas incursões nas quais exibia seu corpo como condutor elétrico, para demonstrar ao povo o que viria a ser o início da era da eletricidade. Ele inventou a corrente alternada e as ondas do rádio. O cientista, que pouco dormia, terminou a vida falido e só após a sua morte foi reconhecida a sua propriedade intelectual sobre a invenção da corrente alternada.

4 – Jack Parsons

Um homem de extrema inteligência e uma vida cercada de polêmicas e esquisitices. O cotidiano desse notável cientista se dividia entre as atividades de cofundador do Jet Propulsion Laboratory, a magia e divulgação de que ele era o anticristo.

O gênio, que não frequentou a educação formal, desenvolveu um combustível de foguetes que colocou os EUA no espaço e no front da Segunda Guerra Mundial. E o fim de sua vida não foi menos movimentado: ele desapareceu, de forma bombástica e terrível, após explodir a si próprio e seu laboratório em uma experiência, no ano de 1952.

Você conhece algum cientista maluco? Conte-nos de sua façanha nos comentários!

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico a vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, por isso... com muito amor <3 compartilho dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros. Insta: @blogdakika E-mail: [email protected] Lindona, se gostou, clica na estrelinha acima e vote ;-) Compartilhe com suas amigas. Beijos no coração.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!