Saúde

Acupuntura com agulhas para ficar mais bonita

By  | 

Acupuntura com agulhas também para beleza!

Acupuntura com agulhas

Acupuntura com agulhas para ficar mais bonita

Quando falamos em Acupuntura com agulhas logo lembramos que espetam a pele para curar dores e equilibrar a energia das emoções. E o caminho é bem esse mesmo, mas o que muita gente não sabe é que a Acupuntura também pode ser usada para estética.

Não só problemas de saúde podem ser tratados com Acupuntura com agulhas; as agulhas ‘mágicas’ dessa técnica são ótimas parceiras para amenizar as rugas, tratar acnes, olheiras e manchas no rosto; além de ajudar no combate a flacidez tanto facial quanto corporal, celulites, estrias e gorduras localizadas.

Mas você sabe exatamente o que é acupuntura?

A Acupuntura é um dos pilares da Medicina Tradicional Chinesa (MTC), utilizado para a cura e prevenção de doenças do corpo e da alma, que ocorre por meio da manipulação de agulhas em pontos específicos localizados pelo corpo.

De acordo com a visão chinesa, o nosso corpo é formado por elementos da natureza e circula por ele campos energéticos que, quando equilibrados, são responsáveis pela nossa saúde. Essa energia é canalizada em locais denominados Meridianos, os quais são interligados entre si, fazendo a energia circular em harmonia.

A Acupuntura com agulhas é uma forma de reequilibrar e restaurar a energia do corpo, restabelecendo assim a saúde.

É uma técnica que tem se popularizado devido sua eficiência e bons resultados. Até pouco tempo a Acupuntura era vista apenas como algo subjetivo, unicamente energético. Hoje, as pesquisas já comprovam cientificamente os efeitos concretos da Acupuntura com agulhas.

Além da estética, onde atua a Acupuntura?

  • Músculos esqueléticos e lesões reumatológicas: Dores de coluna, ciatalgias, LER/DORT, tendinites, bursites, fibromialgia, dores pós-cirúrgicas, artrite reumatoide, artrose, formigamentos, torcicolo;
  • Gastrointestinais: Constipação intestinal, esofagite de refluxo, azia, esofagite, gastrite, diarreias;
  • Endócrina: Desconfortos da menopausa, alterações menstruais, distúrbios da tireoide, ajuda no controle da diabetes;
  • Sistema nervoso e questões emocionais: Ansiedade, depressão, síndrome do pânico, cefaleias, diminuição da memória, baixa concentração, nevralgia do trigêmeo, bruxismo, paralisia facial, estresse, insônia, irritação;
  • Gênito-urinário: Distúrbios menstruais (inchaço, cólicas, TPM), candidíase, miomas, frigidez, impotência, infertilidade, incontinência urinária e fecal;
  • Circulatórias: Sequela da AVC, edemas, varizes, palpitação;
  • Respiratórias e Imunológicas: Sinusite, asma, bronquite, rinites, alergias, gripes, resfriados, controle de herpes;
  • E ainda: Tabagismo e vícios em geral, alergias de pele, dores odontológicas, acne, distúrbios da ATM, Parkinson.

Acupuntura laboral – isso existe?

Sim, existe! E algumas empresas já fazem uso, oferecendo a seus colaboradores, em forma de benefício, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida e rendimento laboral. Pois, é comprovado que funcionários com maus físicos e/ou emocionais representam uma grande queda no absenteísmo e consequente produtividade da empresa.

Quer um exemplo? Problemas como estresse, ansiedade, depressão, LER/DORT, dores na coluna, ciatalgia, e outras patologias físicas e emocionais são causas de cenários de baixo rendimento de equipes de trabalho, o que impacta diretamente no sucesso dos negócios por prejudicar e afastar o trabalhador do seu local de trabalho e produção.

Em suma, a Acupuntura com agulhas realiza tratamento que contribui no restabelecimento da saúde ou na prevenção do adoecimento tanto físico como emocional desses funcionários.

Acupuntura com agulhas na saúde do idoso.

É fato que a população mundial está vivendo mais. Sendo assim, é inevitável que essa parcela de indivíduos venha a sentir mais dores e desconfortos, pois o seu corpo apresentará mais desgastes.

Dores nas articulações, zumbidos, labirintite, Parkinson, entre outros desconfortos apresentam uma boa melhora com o uso da Acupuntura associado ao tratamento médico tradicional (do Ocidente), trazendo assim uma melhor qualidade de vida para essas pessoas da terceira idade.

Por isso, muitas famílias procuram os consultórios de Fisioterapia especializados em Acupuntura com agulhas para ajudar seus idosos a enfrentar essa etapa da vida com mais conforto, tranquilidade e saúde física e emocional.

Quem são os profissionais que trabalham com Acupuntura?

Para trabalhar com Acupuntura, precisa seguir as normas regidas pela Lei que regulamenta a profissão e que indica – até a data de validação desse regulamento – como profissional os que já trabalhavam comprovadamente com acupuntura, assim como os portadores de ensino médio em Acupuntura reconhecido por uma Secretaria Estadual de Educação. Além, claro, dos Médicos e Fisioterapeutas formados e especializados nessa técnica.

De acordo com a lei, existe ainda variação nas denominações, sendo considerado:

Acupunturistas:

  1. Profissionais de nível superior, formados em curso de Graduação Tradicional em Acupuntura;
  2. Médicos com Residência em Acupuntura, Médicos com Pós-Graduação Strictu sensu em Acupuntura ou Médicos com Título de Especialista em Acupuntura conferido pela Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura;
  3. Portadores de diploma superior em Acupuntura expedido por instituição estrangeira, revalidado na forma da legislação em vigor.

Acupuntores:

  1. O Médico com pós-graduação latu sensu em Acupuntura, conforme critérios estabelecidos pelo Conselho Federal de Medicina ou pela Sociedade Nacional de sua Especialidade Médica;
  2. O Profissional de Saúde com pós-graduação strictu sensu ou latu sensu em Acupuntura, conforme critérios estabelecidos pelos seus respectivos Conselhos Profissionais;
  3. O portador de diploma de nível médio em Acupuntura reconhecido por uma Secretaria Estadual de Educação, emitido até a data de promulgação dessa Lei;
  4. O profissional que até a data de promulgação dessa Lei esteja comprovadamente exercendo a Acupuntura.

Quem pode se beneficiar com a Acupuntura?

Qualquer pessoa, independente de idade, sexo e quaisquer outras características – de uma forma generalizada – pode receber tratamento de Acupuntura com agulhas. Mas é preciso escolher um profissional sério e realmente especializado para fazer uma avaliação a fim de diagnosticar o tratamento adequado.

Geralmente, o resultado das sessões com Acupuntura com agulhas depende do quadro clínico do paciente e outros fatores como idade, estilo de vida, etc. Por exemplo, os idosos tendem a responder de forma mais lenta ao tratamento, como também os sedentários e obesos; mas, toda regra pode ter exceção, por isso, apenas um profissional pode fornecer esse diagnóstico após uma devida avaliação pessoal.

E quem nunca pensou em procurar a Acupuntura com agulhas por achar que o orçamento não cabe no bolso, saiba que existem várias facilidades de pagamento, inclusive o SUS também disponibiliza o tratamento para alguns casos de patologias. Portanto, procure se informar em sua região e lembre que todo investimento é válido quando o produto é a própria saúde!

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico minha vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, não poderia fazer outra coisa na vida. Com muito amor compartilho minhas dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros.com.br. E-mail: kika@patricinhaesperta.com.br @blogdakika

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!