Saúde

Cinco Sinais da Depressão

By  | 

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde, a depressão atinge, em todo o mundo, mais de 350 milhões de pessoas e é preciso prestar atenção nos sinais que ela dá antes de “tomar conta” da pessoa.

Solidão, O Mal do Século

Ficar sozinha, em estado de solitude, é bem diferente de viver em estado de solidão. Todos precisam de momentos a sós, até mesmo para reorganizar as emoções e sentimentos, mas quando a pessoa deixa de interagir com outras e se isola, seja por qualquer motivo, é bom procurar ajuda, pois a solidão é, muitas vezes, a porta de entrada de alguns quadros de depressão.

o-que-e-de_1352910021354

Variação de humor

Os transtornos depressivos estão intimamente relacionados com as variações de humor, sobretudo em casos de depressão bipolar, quando oscila-se entre a euforia e a tristeza profunda.

Embora a tristeza seja um dos fatores da depressão, é preciso lembrar que uma pessoa triste não é, necessariamente, uma pessoa depressiva, mas uma pessoa depressiva quase sempre apresenta tristeza profunda.

Alterações Alimentares

É muito comum, em casos de depressão, que a pessoa mude seus hábitos alimentares, passando a comer muito mais ou muito menos. O ato de comer é, também, um ato de prazer e a depressão tende a afetar diretamente o apetite. Quem tende a comer mais nesses casos, busca engolir a tristeza, a insatisfação e todas as sensações negativas relacionadas. Quem come de menos apresenta uma perda de motivação ainda mais preocupante, já que a pessoa perde a vontade de fazer tudo o que sempre fez.

Insônia 

Privar o corpo do descanso é um problema gravíssimo, já que o sono é essencial para a realização de muitos dos mais importantes processos fisiológicos do organismo, o que, por si só, favorece os quadros depressivos. Mas, além disso, a insônia está relacionada com a deficiência na produção de serotonina, que é a substância do bem-estar. Com a queda da produção de serotonina, há o favorecimento da depressão.

Quadros de insônia são constantes em pessoas depressivas, já que as alterações neuroendócrinas causadas pela depressão acabam afetando o sono, o que, consequentemente, afeta também o humor.

Além da insônia, o fato de dormir pouco é um dos fatores determinantes para a depressão, pois esse hábito causa alterações biológicas importantes, o que resulta em desequilíbrios físicos, emocionais e psicológicos. Durante o sono há a liberação de uma série de hormônios, além de alterações na atividade cerebral que, se interrompidos, afetam o organismo como um todo.

Ansiedade

Ansiedade e estresse são comuns nos dias de hoje e todo mundo, vez ou outra, passa por isso, entretanto, quadros constantes de sofrimento por antecipação, acompanhados de pessimismo e insatisfação, favorece os quadros depressivos, já que a ausência de prazer, da capacidade de sentir prazer, está relacionada com a depressão.

Um dos gatilhos da ansiedade é o perfeccionismo excessivo, que acaba se transformando em obsessão, favorecendo os quadros depressivos, já que, quando algo não sai exatamente como a pessoa planejou, ela tende a se desestruturar e essa frustração não é nem um pouco saudável!

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico minha vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, não poderia fazer outra coisa na vida. Com muito amor compartilho minhas dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros.com.br. E-mail: [email protected] @blogdakika

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Content is protected !!