Saúde

Baixos níveis de testosterona associado à perda de massa muscular

By  | 

Um novo estudo realizado na França, revela que baixos níveis de testosterona estão associados com a perda de massa muscular em homens mais velhos. A perda de massa muscular e da força contribui para a fragilidade e está associada à problemas de mobilidade, quedas e fraturas ósseas. Além disso, à medida que envelhecem, os homens perdem mais massa muscular e força do que as mulheres.

Isso sugere que os níveis de hormônios sexuais, principalmente a testosterona, podem influenciar nas mudanças relacionadas à idade, na composição corporal e na função física. O estudo incluiu cerca de 1.300 homens (de 55 a 65 anos) que tiveram seus níveis de esteróides sexuais medidos e foram acompanhados pelo período de 4 anos. A composição corporal dos participante foram analisadas, e suas habilidades físicas foram avaliadas através de exercícios que analisaram a potência dos membros inferiores, força de preensão, a velocidade de caminhada e a capacidade de levantar de uma cadeira sem o uso das mãos.

Esse estudo mostra que os homens com 65 anos ou mais, com níveis mais elevados de testosterona, perderam menos massa muscular, especialmente em seus braços e pernas, do que os homens dessa idade que tinham níveis mais baixos de testosterona.

Os homens que tinham níveis mais elevados de testosterona antes de perderem peso também perderam massa muscular e força, porém, mostraram mais facilidade e força na função das pernas, e podiam levantar-se mais facilmente de uma cadeira do que os homens que tinham níveis mais baixos de testosterona antes de perder peso.

Alguns especialistas não ficaram surpresos com os novos resultados, mas acrescentaram que o novo estudo pode ser um bom motivo para que os homens mais velhos comecem a fazer uso de testosterona suplementar.

O estudo confirma que os níveis sanguíneos mais elevados de testosterona em homens mais velhos estãop associados a uma perda menor de massa muscular que ocorre no envelhecimento. No entanto, é importante ressaltar que este é um estudo epidemiológico prospectivo, não um ensaio clínico controlado, de modo que outras variáveis ​​podem estar presentes.

Por exemplo, o fato dos pacientes com baixos níveis de testosterona serem mais propensos a ter diabetes. Os médicos devem estar verificando os níveis de testosterona em homens com mais de 65 anos, discutindo a perda de massa muscular e os riscos que isso pode causar. Mais pesquisas são necessárias para definir a associação de baixos níveis de testosterona e a diminuição da função física.

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico a vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, por isso... com muito amor <3 compartilho dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros. Insta: @blogdakika E-mail: kika@patricinhaesperta.com.br Lindona, se gostou, clica na estrelinha acima e vote ;-) Compartilhe com suas amigas. Beijos no coração.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!