Saúde

Controle da obesidade

By  | 

Muitos pacientes com sobrepeso e obesidade atendidos em departamentos de emergência de hospitais não acreditam que seu peso representa um risco à sua saúde. Pesquisadores pediram a 450 pacientes selecionados aleatoriamente que respondessem duas perguntas: Você acredita que seu peso atual é prejudicial para sua saúde? Um médico ou outro profissional da área da saúde já lhe disse que você está acima do peso?

Daqueles que relataram que o seu peso era saudável, apenas 18% disseram que já haviam conversado sobre o assunto com um profissional de saúde. E apenas 30% daqueles que relataram ter sido informados por um médico que o seu peso era saudável concordou com essa opinião, de acordo com o estudo.

Os pesquisadores também mediram o índice de massa corporal (IMC) e circunferência da cintura, os indicadores de gordura corporal. Cerca de 47% dos homens obesos ou com sobrepeso disseram acreditar que o seu peso era um problema, enquanto 53% afirmavam que o sobrepeso apresentado não era um problema.

As mulheres pareciam mais atentas às questões de saúde decorrentes da obesidade. Cerca de 62% das mulheres obesas ou com sobrepeso afirmavam que o seu peso estava prejudicando sua saúde. Entre as pessoas obesas, ou aquelas com um IMC de 30 ou acima, cerca de 70% disseram que seu peso não era bom para sua saúde.

A obesidade está diretamente ligada a outras doenças, como hipertensão, diabetes, câncer, osteoartrite, doença da vesícula biliar, doenças cardíacas, derrames e síndrome metabólica. Apesar dos riscos de saúde, apenas 36% dos homens com sobrepeso ou obesos e 50% das mulheres com sobrepeso ou obesas relataram que já haviam conversado sobre o assunto com seus médicos.

Entre os obesos mórbidos, 39% se consideravam acima do peso, não obesos, segundo a pesquisa. A pesquisa também encontrou diferenças raciais nas atitudes em relação ao peso.

Entre os homens negros com sobrepeso e obesidade , 53% disseram que seu peso não era bom para sua saúde e 40% afirmaram que os médicos haviam alertado e conversado sobre o assunto. Entre os brancos, 60% dos homens com excesso de peso e obesos, disseram que o seu peso não era bom para sua saúde e 48% já havia conversado sobre o assunto com um médico.

Cerca de 33% dos participantes do estudo eram negros, 52% eram brancos e o restante dos participantes eram de outras etnias. Embora os médicos de emergência costumam não ter muito tempo para discutir essas questões, quando os pacientes estão doentes e preocupados com a sua saúde pode ser um momento oportuno para incentivar mudanças no estilo de vida e na alimentação.

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico a vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, por isso... com muito amor <3 compartilho dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros. Insta: @blogdakika E-mail: [email protected] Lindona, se gostou, clica na estrelinha acima e vote ;-) Compartilhe com suas amigas. Beijos no coração.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.