Sem categoria

Cuidados com o coração contribuem para melhor função sexual masculina

By  | 

As mudanças de estilo de vida e medicamentos utilizados para reduzir fatores de risco de doenças do coração também podem melhorar a função sexual em homens com disfunção erétil, de acordo com um novo estudo norte-americano. Pesquisadores da clínica “Mayo”, localizada em Minnesota (EUA), analisaram seis estudos anteriores, realizados em quatro países, envolvendo cerca de 800 homens, afim de determinar como as mudanças de estilo de vida e medicamentos usados ​​para tratar fatores de risco relacionados à doenças cardíacas afetaram a severidade de sua disfunção erétil.

Cada estudo revisado relatou melhorias na disfunção erétil masculina, como resultado de mudanças de estilo de vida, uma saúde geral melhor e melhores níveis de lipídios no sangue. Doenças cardíacas e disfunção erátil apresentam fatores incomum, como pressão alta, tabagismo, obesidade e falta de atividade física. Além disso, a disfunção erétil parece ser um indicador de doença cardíaca, afirmaram os pesquisadores.

Os homens que apresentam disfunção erétil devem ficar atentos aos fatores de risco de doenças cardíacas, mudando o estilo de vida, melhorando a alimentação e iniciando a prática de atividades físicas. O estudo concluiu que quando os fatores de risco cardíaco melhoraram, automaticamente, houve uma melhora significativa na função sexual em homens com disfunção erétil.

Quando as drogas ou mudanças de estilo de vida para combater as doenças cardíacas eram consideradas de forma isolada, os benefícios para a função sexual dos homens ainda era significativa. É fato, os homens se preocupam bem menos com a saúde em comparação com as mulheres, costumam fugir de exames médicos e muitos só vão ao hospital quando alguma doença se faz presente.

Obviamente, essa “postura” dos homens faz com que a expectativa de vida feminina seja maior que a masculina.

Vale lembrar que em muitos casos, problemas de disfunção erétil tem causas psicológicas e devem receber um tratamento específico, afim de encontrar e combater as causas do problema de forma eficaz. Mesmo nesses casos, o estilo de vida saudável trará bons resultados, haja visto que a saúde do corpo pode promover a saúde da mente.

alta, obesidade, diabetes, tabagismo e alcoolismo contribuem para o comprometimento da função erétil masculina, já que para uma ereção satisfatória aconteça é necessário uma boa irrigação sanguínea mediante um estímulo sexual.Por essas e outras, o estilo de vida saudável deve ser adotado, pois além de previnir doenças cardíacas e garantir ao homem uma ereção satisfatória, irá contribuir para saúde de forma geral, promovendo longevidade e qualidade de vida.

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico a vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, por isso... com muito amor <3 compartilho dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros. Insta: @blogdakika E-mail: kika@patricinhaesperta.com.br Lindona, se gostou, clica na estrelinha acima e vote ;-) Compartilhe com suas amigas. Beijos no coração.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!