Sem categoria

Estilo de vida inadequado é uma das principais causas de infarto no mundo

By  | 

Doenças no coração continuam sendo a principal causa de morte no mundo e no Brasil. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) são 360 mil casos anuais de morte por doenças cardiovasculares só no Brasil, no mundo esse número chega a 7,3 milhões de pessoas por ano de acordo com a OMS.

Mas quais são as principais causas desta epidemia que atinge todo o planeta?

Um dos maiores responsáveis por doenças no coração muitas vezes é o estilo de vida da vítima, por exemplo, mulheres que associam anticoncepcionais com cigarro aumentam em 5 vezes as chances de ter problemas cardíacos, inclusive essa é considerada uma das principais causas de morte por problemas cardiovasculares em mulheres com idade fértil.

Em mais um exemplo de como hábitos pouco saudáveis levam a sérias complicações no coração, um estudo recentemente divulgado pela Brazilian Heart Study revelou que 40% das vítimas de ataque cardíaco em Brasília são tabagistas, 51% sedentários, além de males da saúde que colaboram com a degradação do coração. Doenças como hipertensão e diabetes quando não são tratadas corretamente também são agravantes que prejudicam a longevidade de uma atividade cardíaca saudável, a situação piora ainda mais caso os portadores dessas doenças também sejam usuárias de cigarros ou bebidas alcoólicas.

coracao

Tratar adequadamente problemas de saúde como a hipertensão, é crucial para manter um coração saudável. Estima-se que só no Brasil existam 20 milhões de hipertensos, isto quer dizer, 20 milhões de pessoas encaixadas em um dos maiores fatores de risco para problemas cardiovasculares. Atualmente se sabe que de 40% a 60% das vítimas de infartos possuem pressão alta.

Alimentação adequada com produtos que fazem bem para as funções cardiovasculares como nozes, aspargos e grãos integrais que estão cientificamente comprovados como comidas que fazem bem para o coração. Comer adequadamente também evita excesso de peso, outro fator de risco em doenças cardíacas atualmente, estima-se que hoje cerca de 13% da população nacional sofra de sobrepeso e esteja na linha de risco para problemas no coração.

Quem tem mais de 40 anos deve cuidar da pressão arterial, fazendo exames periodicamente. Segundo exames feitos nos Estados Unidos, aproximadamente 1/3 das pessoas que sofrem de Hipertensão não sabem que tem a doença, mesmo sendo em outro país, essa pesquisa acende. O Cigarro obviamente é um grupo de risco dos mais altos, evitar lugares onde fumantes estão, pode ser inteligente para o coração.

Alguns dos fatores citados acima estão levando doenças no coração para faixas etárias abaixo dos 35 anos. Isso pode ocorrer em caso de acúmulo nos fatores de risco. Um sedentário que fuma e é portador de diabetes tem muitas chances sofrer com ataque cardíaco.

A melhor forma de lidar com esse problema, sem dúvida, é a conscientização dos fatores de risco, evitando perigos desnecessários para a saúde com os remédios certos para controlar a diabetes e a hipertensão. Ter responsabilidade com o próprio corpo é de longe a melhor forma de evitar ganhar um coração doente, lembrando que para pessoas com filhos e família, esse não é só um cuidado com si próprio, mas com todo um circulo de possíveis dependentes.

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico a vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, por isso... com muito amor <3 compartilho dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros. Insta: @blogdakika E-mail: [email protected] Lindona, se gostou, clica na estrelinha acima e vote ;-) Compartilhe com suas amigas. Beijos no coração.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.