Saúde

Intolerância à lactose: você sofre deste mal?

By  | 

O leite e seus derivados devem ser excluídos da dieta de pessoas intolerantes à lactose.

Para muitas pessoas, ingerir produtos que contenham leite são sinônimos de mal estar. Mas o que causa tudo isso? Porque algumas pessoas podem ingerir e não sentir nada e outras não? Quais são os sintomas? Quais os tratamentos?

A intolerância à lactose, como é chamada, é a deficiência que alguns organismos têm de digerir e decompor o açúcar (lactose) presente no leite. Isso ocorre porque a enzima  lactase não é produzida em quantidade suficiente pelo corpo para realizar a digestão, fazendo com que a lactose chegue até o intestino grosso sem passar por um processo de quebra de partículas, não sendo absorvido pelo organismo como deveria. Não sendo digerida, ela fermenta criando sintomas de indigestão.

As pessoas que sofrem dessa intolerância têm diversos sintomas, sendo eles: gasses, arrotos, diarréia ou constipação, dores abdominais, cólicas, inchaço na região abdominal, entre outros. Geralmente  começam a partir de 30 minutos após a ingestão de alimentos com lactose. Os sintomas também dependem do nível de tolerância da pessoa. 

Essa intolerância pode se desenvolver em qualquer etapa da vida. Pode aparecer na infância ou ser adquirida no decorrer dos anos pela perda progressiva da enzima.  Além disso, existem níveis diferentes de intolerância que podem ser detectados por exames de sangue.

O exame consiste em coletar várias amostras de sangue, em um intervalo de tempo de duas horas, para medir o nível de glicose, que reflete a digestão do açucar do leite. Para isso, o paciente precisa estar em jejum e, no próprio laboratório, ingerir um líquido concentrado de lactose. Se a lactose não for quebrada e digerida pelo organismo, o nível de glicose no sangue não irá aumentar, diagnosticando o paciente como intolerante.

Outras formas de diagnóstico são exames de: pH das fezes;  nível de hidrogênio exalado; exame genético.

A saída para quem sofre deste mal é começar a fazer uma dieta especial com alimentos que não contenham lactose, ou seja, sem leite na sua composição. Geralmente, esses produtos são encontrados em casas de produtos naturais. Outro recurso é tomar cápsulas de lactase  encontradas em farmácias de manipulação para ajudar na digestão, já que essa doença não tem cura.

Contudo, é importante salientar que o cálcio que deixará de ser ingerido pem razão da falta do leite e seus derivados na alimentação, deve ser reposto com outros alimentos que contenham o mineral, já que ele é importantíssimo para o fortalecimento dos ossos.

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico a vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, por isso... com muito amor <3 compartilho dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros. Insta: @blogdakika E-mail: [email protected] Lindona, se gostou, clica na estrelinha acima e vote ;-) Compartilhe com suas amigas. Beijos no coração.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!