Saúde

Obesidade infantil associada à hipertensão

By  | 

As crianças são consideradas acima do peso quando seu índice de massa corporal (IMC – uma relação simples entre peso e altura) estiver no percentual de 85 ou superior, em relação a sua idade. Essa linha imaginária pode parecer arbitrária para alguns, mas o risco de uma criança ter pressão arterial elevada praticamente triplica se ela cruza essa “linha”.

Um novo estudo monitorou cerca de 2 mil crianças, onde 14% das crianças com sobrepeso e obesidade apresentavam pressão arterial elevada, com hipertensão ou uma condição de pré-hipertensão. Além disso, as taxas de hipertensão e pré-hipertensão apareceram quando o IMC aumentou.

É importante lembrar que se você tem um filho que já está acima do peso e há um pequeno aumento no IMC, é bom ter consciência que o risco de hipertensão aumenta significativamente. No entanto, se for possível reduzir o percentual de IMC, mesmo que seja pouco, com certeza a criança irá se beneficiar muito, principalmente no que diz respeito a sua pressão arterial.

A conexão entre a pressão arterial e o excesso de peso é bem estabelecida em adultos e crianças, mas este novo estudo é o primeiro a analisar como a pressão arterial varia dependendo do IMC das crianças.

Os médicos tem considerado o excesso de peso, em oposição à obesidade (definida com o percentual de IMC de 95 ou superior) sendo relativamente inofensiva em crianças, mas as novas descobertas sugerem que o excesso de peso deve ser considerado um problema sério. Estudos recentes tem demonstrado que os danos causados pela pressão arterial elevada, tais como o alargamento do coração, aumento da rigidez dos vasos sanguíneos, e função mental alterada, podem começar na infância e na adolescência.

O pico de hipertensão e o risco de pré-hipertensão no percentual de 85 (IMC) foi observado em todas as faixas etárias, em meninos e meninas, independente da classe social, cor ou qualquer diferença que pudesse haver.

Durante um longo período de tempo, as crianças que estão acima do peso são muito mais propensas a apresentarem pressão arterial elevada, persistindo e evoluindo para hipertensão e outras condições mais graves. Nos dias atuais, vivemos uma rotina de cobranças, estresse e muita correria, infelizmente, isso acaba afetando a qualidade da nossa alimentação, e isso causa um impacto extremamente negativo, principalmente na saúde das crianças.

Portanto, é importante adotar uma alimentação saudável e abandonar a alimentação “rápida”, que atualmente é tão comum. Dessa forma, a sua saúde e a saúde das crianças agradecem.

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico a vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, por isso... com muito amor <3 compartilho dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros. Insta: @blogdakika E-mail: kika@patricinhaesperta.com.br Lindona, se gostou, clica na estrelinha acima e vote ;-) Compartilhe com suas amigas. Beijos no coração.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!