Saúde

Perigos da Doença Renal Crônica

By  | 

Pacientes em estágio inicial da doença renal crônica correm um risco maior de morte se os mesmos apresentam níveis elevados de uma hormônio específico, afirma um novo estudo realizado na inglaterra (Publicado na revista “Health”). O fator hormonal endócrino de crescimento fibroblástico 23 (FGF-23) regula o metabolismo do fósforo. Sabia-se que os níveis de FGF-23 aumentam à medida que a função renal diminui e que altos níveis do hormônio estão associados ao risco maior de morte em pacientes com insuficiência renal.

Mas pouco se sabia sobre como níveis elevados de FGF-23 afetam os resultados de pacientes em estágio inicial da doença renal crônica. Este estudo analisou cerca 4.000 pacientes em estágio inicial da doença renal crônica.

Durante um acompanhamento médio de 4 anos, 266 dos pacientes morreram e 410 evoluíram para insuficiência renal. Os pesquisadores descobriram que média de FGF-23 foi maior nesses pacientes do que naqueles que permaneceram “livre de eventos.”

Pacientes com os níveis mais altos de FGF-23 tiveram 5 vezes mais chances de morrer do que aqueles com níveis mais baixos, de acordo com o estudo. Os pesquisadores revelaram que ficaram surpresos ao descobrir que os altos níveis de FGF-23 eram fortemente associados com o risco de morte do que outros fatores, incluindo doenças cardiovasculares e outros fatores causados pela doença renal crônica, tais como taxa de filtração glomerular reduzida (TFG, uma medida da do rim capacidade de filtrar e remover os resíduos) e proteinúria (excesso de proteína na urina).

As razões para a ligação entre elevados níveis de FGF-23 e o aumento do risco de morte não são conhecidas. Se os resultados do presente estudo são confirmados e os estudos experimentais suportam a hipótese de toxicidade direta do FGF-23, pesquisas futuras devem avaliar se as estratégias terapêuticas ou preventivas que reduzem o FGF-23 podem obter melhores resultados e diminuir ou anular esse risco.

Um em cada dez adultos sofre de doença renal crônica, no entanto, na maioria dos casos os pacientes não sabem que sofrem da doença, pois ela não costuma apresentar sintomas. Como boa parte das doenças, o diagnóstico precoce pode contribuir para que a doença não passe para uma fase avançada. A doença renal crônica está associada ao diabetes, doenças do coração e pressão alta, por isso, seu tratamento pode ajudar a prevenir uma série de outras doenças. Medir a pressão arterial e realizar exames de urina regularmente são medidas importantes que devem ser tomadas, afim de evitar a doença crônica renal.

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico a vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, por isso... com muito amor <3 compartilho dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros. Insta: @blogdakika E-mail: kika@patricinhaesperta.com.br Lindona, se gostou, clica na estrelinha acima e vote ;-) Compartilhe com suas amigas. Beijos no coração.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!