Sem categoria

Por Que As Pessoas Ficam Tristes no Natal?

By  | 

O Natal, época de tantas celebrações, de tantas confraternizações, de luzes, presentes e abraços, é também, para muitas pessoas, uma época de tristeza e/ou melancolia. Assim como é uma época em que se festeja o nascimento de Cristo e que simboliza o renascimento, sendo um período simbolizado pela solidariedade, pela família, pelo amor e pela união, o Natal é também um período de encerramentos, de final de ciclo, e isso traz embutido a avaliação pelo ano vivido, incluindo as frustrações, as perdas, as decepções e as derrotas. E isso, não raras vezes, traz um grande pesar.

Quando no correr do ano houve perdas ou grandes mudanças na vida, seja de trabalho, separações ou mesmo doenças, é comum e esperado que o sentimento de tristeza seja mais intenso, já que o balanço geral foi negativo.

Além disso, como esse é um período onde as pessoas ficam mais sensíveis e onde existe uma maior confraternização familiar, já que, tradicionalmente, é uma data onde as famílias se reúnem, é normal que as pessoas que tenham passado por alguma perda familiar, seja de pai, mãe, irmão, irmão, filho, avó, avó, esposa ou marido, sintam uma enorme tristeza, que, ressalte-se, é plenamente justificável e previsível.

quando-o-natal-nao-e-sinonimo-de-felicidade-1-3-119

Em alguns casos, a melancolia pré ou pós-Natal tem razões financeiras, e esse consumo exacerbado gera, além de tristeza, angústias e muita ansiedade. Os psicólogos concordam que todo esse apelo consumista acaba gerando muita frustração em quem, seja lá por qual motivo for, não consegue suprir a lista de desejos, que a cada ano cresce, dos filhos, da esposa ou do marido e da família em geral. Afinal, como explicar para um filho de cinco anos, por exemplo, que ele não terá roupas novas e presentes vistosos, quando isso é o que se espera para essa data?

Quando cada membro da família mora em um lugar e, por algum motivo, o encontro e consequente confraternização não é possível, a tristeza pode tomar conta, já que essa é uma data que ninguém quer passar só. Nos dias atuais, com os novos arranjos familiares, nem sempre aceitos por todos os membros, o Natal pode ser um problema e acabar gerando sentimentos negativos.

Os desajustes familiares são outro motivo para a tristeza dessa época. Quando existem desavenças fortes, quando os membros da família não se gostam ou quando não aceitam um ao outro, o que acaba gerando um isolamento numa data que deveria ser de união amor e solidariedade, é inevitável que a melancolia tome conta.

Nesses casos, o melhor a fazer é aceitar essa tristeza, não tentar escondê-la e nem passar por cima dela. Já que é, em muitos casos, inevitável senti-la, que ela sirva para gerar momentos de reflexão profunda, para que se mude o que pode ser mudado e se aprenda a lidar e aceitar o que não pode.

Toda essa melancolia serve também para que cada um entre em contato consigo mesmo, com seus sentimentos mais íntimos, o que leva a uma importante etapa do processo de autoconhecimento, pelo qual todos devem passar.

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico minha vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, não poderia fazer outra coisa na vida. Com muito amor compartilho minhas dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros.com.br. E-mail: [email protected] @blogdakika

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!