Bem-estar

Como Resolver Problemas Facilmente?

By  | 

Não existe vida sem problemas, e já que todos passam por isso, é preciso saber como lidar com eles e, sobretudo, somo solucioná-los. De modo geral, problemas geram tensão, sobrecarga emocional e muito estresse, o que dificulta na resolução da questão. Sim, porque problemas existem para serem resolvidos.

Pesquisas recentes têm apontado o que a sabedoria popular diz há muitos anos: é relaxando que conseguimos entrar no chamado “modo-padrão”, estado que leva ao autoconhecimento e ao desenvolvimento maior do raciocínio, o que gera, quase sempre, as noções essenciais para a resolução dos problemas.

Quando desviamos o foco do problema é que vem a solução, pois isso ajuda o cérebro a sair do “automático” e se reprogramar para funcionar de modo mais criativo, elevado e diferente. Isso acontece porque ao fugir da tensão e dar um basta no estresse negativo, aquele que paralisa, aproveita-se melhor o estresse produtivo, que atua de maneira construtiva e que gera os chamados insights criativos, que mostram soluções certeiras.

ansiedade-mulher-tontura-20110818-size-598

Para resolver seu problema, qualquer que seja ele, é preciso encará-lo de frente e conhecê-lo a fundo, sem fugas, o que é de fundamental importância para a resolução do mesmo. Nessa fase, o cérebro entra no chamado estresse positivo, que impulsiona e faz com que as pessoas saiam da inércia e enfrentem as situações de frente.

Aqui, é preciso analisar friamente o problema para saber o que impede a sua resolução, deixando, na medida do possível, as emoções de lado, pois elas afetam –e muito- a forma como resolvemos as coisas, atuando muitas vezes de forma negativa.

Feito isso, é preciso saber até onde ir, a hora de parar, já que, se prolongado por muito tempo, o estresse deixa de ser positivo e passa a ser negativo, não produtivo. Se isso acontece, as pessoas ficam cada vez mais nervosas, mais irritadas, mais tensas e mais ansiosas, o que despenca a produtividade e as afasta cada vez mais da resolução do problema.

Para que isso não aconteça, mude o foco, relaxe e faça algo que não tenha a ver com o problema, como uma massagem relaxante, um passeio com seu animal de estimação, uma meditação ou algo do tipo. Pode parecer fora do contexto, mas a verdade é que essas atividades prazerosas conseguem dar fim ao estresse, fazer com que as atividades sejam desempenhadas com mais qualidade e ajudar a encontrar a solução, pois é daí que, quase sempre, surge o insight criativo.

Neurocientistas sustentam que ao desviar o foco, o cérebro acaba desativando alguns mecanismos que impedem a solução dos problemas e estimulando o aparecimento de respostas, o que não seria possível no estado de alerta. Sustenta-se, inclusive, que quase na totalidade dos casos a solução de um problema encontra-se no próprio repertório de experiências e conhecimentos pessoais, bastando resgatar essas experiências e conhecimentos anteriores para conseguir usá-las no contexto atual. E isso só consegue ser feito quando o cérebro relaxa.

Então, para resolver seu problema, seja ele qual for, não fuja dele, encare-o de frente, mas aprenda a mudar de foco e parar na hora certa para que a solução chegue de forma mais fácil!

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico minha vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, não poderia fazer outra coisa na vida. Com muito amor compartilho minhas dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros.com.br. E-mail: [email protected] @blogdakika

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Content is protected !!