Saúde

Tratamento contra sensibilidade mamária associado à risco de câncer de mama

By  | 

As mulheres que desenvolvem sensibilidade mamária após o início da menopausa (que fazem tratamento com progestina e estrogênio) apresentam um risco 34% maior de desenvolver câncer de mama do que aquelas que não apresentam sensibilidade nos seios, afirma um novo estudo. Esse estudo também descobriu que a sensibilidade mamária não foi associada à um risco maior de câncer de mama entre as mulheres que fazem uso apenas de estrogênio.

Os resultados, baseados em uma análise de dados de mais de 16.600 mulheres sobre a terapia de combinação, sendo que, quase 10.750 faziam uso apenas de estrogênio. Esse estudo mostrou que o desenvolvimento de sensibilidade nos seios após o início da terapia hormonal foi associada à um risco maior de câncer de mama só em mulheres que faziam a combinação de estrogênio e progestina em sua tratamento, e não em casos onde penas o estrogênio era usado. Esse é o primeiro estudo realizado que analisa a relação entre a sensibilidade mamária e o câncer de mama.

No entanto, a associação entre a sensibilidade mamária e o risco de câncer não significa que há uma relação de causa e efeito. Um estudo anterior havia revelado que o surgimento de sensibilidade nos seios foi muito mais pronunciado em mulheres que receberam a terapia “combinada” do que nas mulheres que receberam apenas um medicamento.

A associação entre o surgimento de mastalgia e de alterações nas mamas também foi mais pronunciado em mulheres que receberam a terapia combinada. O tema consistente que já é possível notar ao longo destes estudos é que o estrogênio e a progesterona em comparação com o uso único de estrogênio, tem um efeito mais marcado no tecido mamário.

Outra teoria é que pode haver mais crescimento do tecido mamário, tornando as mamas mais densas, quando as mulheres adotam a terapia combinada.

Maior densidade de mama está ligada à um risco elevado de câncer de mama. É importante salientar, que de forma geral,  as mulheres que adotaram a terapia hormonal correm um risco pequeno de desenvolver câncer de mama. Os pesquisadores não querem incitar pânico, porque o câncer de mama é raro em mulheres que tomam a terapia hormonal, no entanto, qualquer relação que possa existir é preciso ser estudada e é necessário que o assunto seja debatido e questionado.

O estudo é realmente importante, já que essa relação existe e o tratamento “combinado” é comum. Por isso, se a mulher desenvolve sensibilidade mamária,  seria bom conhecer os resultados deste estudo e considerar discuti-los com um médico de confiança.

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico a vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, por isso... com muito amor <3 compartilho dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros. Insta: @blogdakika E-mail: [email protected] Lindona, se gostou, clica na estrelinha acima e vote ;-) Compartilhe com suas amigas. Beijos no coração.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!