Saúde

Vale a pena interromper o ciclo menstrual? Tire todas suas duvidas!

By  | 

Todos os meses nós mulheres passamos por um período que para a maioria de nós é um verdadeiro martírio. Muitas mulheres afirmam ser feliz e encontrar equilíbrio apenas em 15 dias em um mês inteiro.

Péssimas decisões são tomadas neste período, brigas, pedidos de demissões, términos de namoro e até casamentos são destruídos.

Como se não bastasse todos os problemas psicológicos e as mudanças de humor, a TPM ainda causa muitas dores.

Os sintomas podem variar de mulher para mulher. Os mais comuns são dores de cabeça até enxaquecas, inchaços, dores nos seios, pernas e costas, acúmulo de liquido, vômitos, cólicas terríveis, entre outros mais peculiares.

É mais comum do que se pensa o caso de mulheres que não conseguem sair da cama quando estão menstruadas, sofrendo além das dores, também de depressão, irritação, mau humor e aumento da sensibilidade emocional.

Pelo menos 50% de brasileiras já foram diagnosticadas com a síndrome da tensão pré-menstrual, segundo dados da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

A controvérsia esta no fato de que a TPM não é reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma doença, mas felizmente  a medicina não ignora sua existência.

Muitas mulheres acabam procurando especialistas para interromper o ciclo menstrual com a esperança de se ver livre de todo esse infortúnio mensal, embora este seja também um método contraceptivo, a motivação maior para este tratamento é certamente a maldita TPM.

Os métodos para interromper a menstruarão são três. A injeção trimestral, a pílula anticoncepcional utilizada sem interrupção e o implante de progesterona.

A grande questão! Funciona?

Para TPM o melhor método é o implante, já interromper o ciclo menstrual o mais eficaz seria a injeção, e no caso de problemas emocionais o melhor tratamento recomendado ainda são os antidepressivos.

Tomar a pílula direto interrompe a menstruação mas, com altas dosagens de hormônio, pode causar sintomas parecidos com a TPM.

Vale alertar que nem um destes métodos interrompe realmente a menstruação 100%, pode haver pequenos sangramentos, revelam especialistas.

E a parte boa? Tem sim!

O tratamento não causa infertilidade, pelo contrario diminui a incidência de doenças que provocam esse problema. Além disso, diminui também a probabilidade de cânceres de mama, útero, ovários.

Com a suspensão da ovulação Tchau! Tchau! para TPM, Anemia, cólicas, cefaleia, a queda de cabelo, e variações de humor!

No caso das desvantagem a maior preocupação da medicina não é com relação a efeitos colaterais, pois a quantidade de hormônio utilizada é muito inferior a um tratamento de reposição hormonal, o medo esta na falsa sensação de segurança dos métodos anticoncepcionais, com isso muitas mulheres  deixam de usar proteção na hora do sexo aumentando o risco de contrair HIV e outras doenças venéreas.

Nem todas podem fazer uso desse tipo de tratamento a base de hormônios, entre elas mulheres com câncer de mama, ovário ou útero. Também não pode quem tem insuficiência no fígado, hepatite grave, e pacientes com tromboflebite profunda. Estas são contra- indicações absolutas.

Interromper a menstruação pode ser a salvação de muitas mulheres.

Para se ter uma ideia da gravidade do problema mulheres já foram absolvidas de crimes por estarem neste período considerado “insanidade  temporária”. Porem no Brasil o código penal não aborda a TPM.

Mas fica a dica com a TPM não se brinca!

 

Fontes: Revista Boa Forma / Portal Terra Saúde / Revista Escola Abril.

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico a vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, por isso... com muito amor <3 compartilho dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros. Insta: @blogdakika E-mail: [email protected] Lindona, se gostou, clica na estrelinha acima e vote ;-) Compartilhe com suas amigas. Beijos no coração.

1 Comment

  1. Nadia

    at

    Adorei Sam, isso esclarece muitas coisas. Eu sofria muito com a TPM e hoje tomo remédio sem pausa, e me sinto muito bem. Sem cólicas e as terríveis dores de cabeça que me deixavam louca!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!