Curiosidades

Vinho: mais do que um prazer, um aliado da saúde

By  | 

Nada como apreciar um belo prato harmonizado com um bom vinho. Essa bebida, dita por muitos, refinada, já foi alvo até mesmo de milagre protagonizado por Jesus Cristo.

Mas o entretenimento e a gastronomia não são os únicos motivos para se deliciar com uns saborosos goles de um dos destilados mais consumidos mundo afora. Cientistas têm apontado que alguns tipos de vinho podem até fazer bem à saúde. Que tal conhecer um pouco mais sobre o assunto?

mulher tomando vinho

Transformando prazer em benefícios 

Alguns enólogos (estudiosos do vinho) chamam o vinho de “fonte de juventude”. E não é por mero acaso ou puro marketing, a associação – bons vinhos contém uma substância chamada resveratrol, detentor de propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, presentes na casca e sementes de uvas vermelhas.

Os benefícios do consumo do vinho mais observados são, ao mesmo tempo, a diminuição do mau colesterol (LDL) e o aumento do bom colesterol, o HDL, o que favorece a redução do AVC. Além disso, estudos em andamento observam a potencial diminuição de alguns tipos de câncer. É de conhecimento público, só para citar um caso concreto, que os habitantes da Ilha de Creta – que adotam uma dieta balanceada na qual está incluso o consumo regular do vinho, possuem 98% menos chances de ter um ataque do coração que os americanos.

O vinho tinto, apreciado por muitos, tem de 20 a 50 vezes mais resveratrol que o vinho branco, por exemplo. E a quantidade ideal a ser consumida para aproveitar de todos os benefícios dessa bebida, segundo os especialistas, é de 250ml de vinho tinto por dia.

Outra grande notícia é para as mulheres: uma ou duas tacinhas de vinho diárias reduz a propensão à osteoporose, de acordo com estudos de uma universidade nos Estados Unidos. Além disso, essas mesmas tacinhas, se tomadas ao anoitecer, também ajudam a engravidar.

Escolhendo e harmonizando o vinho com o prato

No Brasil, existem diversas casas de vinho com rótulos de ótima qualidade e várias nacionalidades, inclusive, presentes na internet. As melhores opções, levando-se em consideração preço e qualidade são os vinhos brasileiros, chilenos e argentinos.

Quanto à combinação com os pratos, a dica é: vinhos brancos para servir em refeições como peixes e frutos do mar e o tinto para as carnes. Outro segredinho é escolher rótulos de teor mais leve para pratos rápidos e mais encorpados para pratos mais elaborados.

Nada melhor que unir prazer e saúde à mesa, não é mesmo? Escolha o seu preferido e aproveite a degustação com moderação.

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico a vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, por isso... com muito amor <3 compartilho dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros. Insta: @blogdakika E-mail: [email protected] Lindona, se gostou, clica na estrelinha acima e vote ;-) Compartilhe com suas amigas. Beijos no coração.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!