Beleza

Peelings Que Renovam a Pele

By  | 

É normal que, após a temporada de praia, piscina, sol e calor, a pele fique com o aspecto “desgastado”. Para reverter esse quadro rapidamente o melhor é apostar nos peelings, que renovam a pele, suavizam manchas e garantem vida nova à cútis!

Mas atenção, o ideal é esperar chegar o outono, quando as temperaturas começam a esfriar, pois esse tipo de tratamento não é indicado para os meses quentes, já que a exposição solar direta não é indicada nesses casos.

Antes de tudo, é preciso procurar um dermatologista para avaliar a sua pele e definir qual o melhor peeling para o seu caso, o que vai depender do seu tipo, tom e estado de pele. De modo geral, os peelings mais utilizados são os de ácido retinoico, mandélico e glicólico, que garantem resultados rápidos e não são procedimentos invasivos. Além disso, são procedimentos que não causam dor e que podem ser feitos, inclusive, em outras partes do corpo que não no rosto, como nas costas, por exemplo.

Peeling com ácido mandélico

O peeling de ácido mandélico é especialmente indicado para pessoas de pele morena ou para as asiáticas, que possuem uma maior quantidade de melanina e mancham com mais facilidade. Como o ácido mandélico possui uma ação mais lenta que o ácido retinoico, por exemplo, mas com resultado igualmente eficaz, ele é mais indicado para tratar esse tipo de pele.

peeling

Já na primeira sessão nota-se a pele mais viçosa e luminosa, mas é a partir da quarta, em média, que as manchas e marcas desaparecem. Dependendo do caso, pode-se fazer uma combinação de ácidos,  juntando o ácido mandélico a algum outro ácido, geralmente com o glicólico, que deve ser aplicado primeiro, para tratar as manchas mais resistentes rapidamente.

Esse peeling, além de melhorar a textura da pele, iluminando e “apagando” as manchas, também uniformiza o tom da pele.

De modo geral, há, após o procedimento, uma leve descamação, que logo  melhora, e em menos de uma semana se ganha “pele nova”!

Peeling com ácido glicólico

O ácido glicólico é bem eficaz na renovação da pele e esse peeling age superficialmente, sendo indicado sobretudo para as pessoas de pele clara e mais fina.

A aplicação é rápida e, a  princípio,  a pele fica avermelhada e com uma leve descamação, que logo cessa. São necessárias de 3 a 6 sessões, em média, para melhores resultados, mas já na primeira sessão se nota melhora na pele, com suavização das manchas, marcas e cicatrizes.

Peeling de Ácido Retinóico

Talvez seja o mais “forte de todos”, sendo bastante indicado para quem já tem sinais de envelhecimento, como rugas e vincos. Esse é um peeling poderoso, que atua fortemente no rejuvenescimento e minimiza rugas e linhas finas.

A recomendação é fazer até seis sessões, lembrando que, após a sessão, a pessoa pode retomar normalmente a rotina. Vale ressaltar que a vermelhidão e a descamação da face são certeiras, mas que desaparecem rapidamente e já no terceiro dia após o procedimento é possível notar melhoras na pele.

Os cuidados, que valem para todos os peelings, é evitar o contato direto com o sol e o calor excessivo. Além disso, filtro solar se torna mais que obrigatório!

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico minha vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, não poderia fazer outra coisa na vida. Com muito amor compartilho minhas dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros.com.br. E-mail: [email protected] @blogdakika

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!