Filhos

Você sabe como escolher uma babá? Confira algumas dicas importantes!

By  | 

Ter que sair de casa todos os dias e confiar uma parte da criação de nossos filhos à outras pessoas não é uma tarefa fácil. Já é difícil quando deixamos nossos pequenos com pessoas que conhecemos, imagina então ter que deixar com alguém que até então é desconhecido. Por isso, veja algumas dicas importantes para ajudar você a escolher uma babá para cuidar dos seus filhos.

 escolher uma babá?

Você sabe como escolher uma babá?

Todos os dias os pais saem das suas casas para trabalhar e a tarefa de cuidar dos filhos acaba ficando para outra pessoa. Deixar uma parte da criação das crianças para outras pessoas já não é uma tarefa fácil quando esses são conhecidos como amigos e parentes.

A tarefa fica ainda mais difícil quando temos que delegar uma função tão importante à alguém que até então não conhecemos e não sabemos se é capaz de fazer tudo como gostaríamos.

A situação fica ainda mais delicada quando se trata de um bebê, o que é muito comum para mamães que tem que voltar a trabalhar depois de apenas 4 meses de licença maternidade.

Essa dificuldade é o que acontece com muitos pais quando tem que escolher uma babá. A babá é a pessoa que irá passar uma boa parte da vida dos seus filhos com ele, é quem irá influenciar na sua criação e também é quem o cuidará em todos os momentos em que os pais estiverem fora.

Desse modo escolher uma babá pode ser uma tarefa árdua e um caminho complicado e cheio de questionamentos pelo qual os pais irão passar. Surgem dúvidas sobre onde procurar, quanto tempo antes se deve contratar a babá entre muitas outras.

É por isso que esse texto traz algumas dicas importantes pra ajudar no processo de escolha e tentar facilitar um pouco a vida dos pais para que se sintam seguros e confiantes de terem tomado a decisão certa.

Dicas importantes para você saber como contratar uma babá

  • Recomendações

A primeira coisa que os pais devem fazer é buscar recomendações de profissionais com pessoas conhecidas tais como amigos, vizinhos e até mesmo colegas de trabalho.

  • Carteira de trabalho

Veja na carteira de trabalho do profissional se o mesmo possui experiência na função e veja também o tempo que esteve em cada um dos empregos. Pouco tempo em cada trabalho não costuma ser um bom sinal.

  • Referências

Peça o telefone das casas onde o profissional já trabalhou e entre em contato com os ex-patrões para pedir referências. Como precaução peça também telefone fico e o endereço dos locais e veja se o número confere. Evite referências apenas pelo celular.

As babás que também possuem filhos, em geral, são mais experientes entretanto é preciso saber se ela tem com quem deixa-los. No caso de frequentarem a escolinha averigue quem leva e busca as crianças e se o profissional terá que faltar quando houver imprevistos ou se há outra pessoa que possa resolver.

  • Teste da referência

Você deverá pedir informações sobre os antigos patrões do profissional que está entrevistando. Quando for fazer o contato com a referência de dicas falsas e veja a reação da pessoa, por exemplo: se a babá disse que a patroa era médica você diz “A senhora é engenheira né?” Se a pessoa corrigir a informação certamente a referencia é verdadeira.

  • Atestado de antecedentes criminais

Pode parecer exagero para alguns mas estamos falando de alguém que irá cuidar dos nossos filhos. Embora não seja garantia absoluta de nada é uma precaução a mais.

  • Pontos na entrevista

Essa é uma ótima oportunidade de avaliar a apresentação do profissional, como ele se porta, sua higiene pessoal e também a empatia.

  • Adaptação

É importante que o profissional seja contratado com uma certa antecedência para que os pais, ou pelo menos a mãe, possam participar do período de adaptação.

Assim é possível mostrar-lhe como você deseja que as coisas sejam feitas, a rotina do bebê e evita que o seu filho estranhe ficar com alguém diferente por um longo período.

  • Conheça a pessoa

Procure conhecer mais da vida pessoa da pessoa que vai trabalhar para você assim como seus hábitos e gostos.

  • Observe a criança

Caso o seu filho seja ainda muito pequeno e não fale observe o seu comportamento pois irritabilidade deve ser um sinal de alerta. Nesses casos é interessante conversar com o profissional para descobrir se está acontecendo alguma coisa.

Você também pode tentar chegar em casa em horários diferentes para flagrar qualquer tipo de eventual problema.

Caso seu filho já seja maior e fale, pergunte a ele como foi o dia e o que está achando da experiência.

Child and teen playing with dominos at kitchen table.

Observe seu comportamento

 

  • Esqueça o ciúmes

Embora seja extremamente comum para as mães sentirem um certo ciúme da babá é muito saudável e natural que a criança se apegue à ela. Além disso, é sinal de que o profissional está tratando o seu filho com o carinho, o amor e a atenção de uma mãe.

É muito importante que a criança vá demonstrando cada vez mais afeto pela pessoa com quem convive diariamente e isso não é motivo nenhum de alerta.

Com essas dicas importantes você certamente está mais tranquilo e seguro para escolher uma babá para cuidar do seu filho. Aproveite essa lista e tenha a certeza de estar tomando a decisão correta.

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico minha vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, não poderia fazer outra coisa na vida. Com muito amor compartilho minhas dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros.com.br. E-mail: [email protected] @blogdakika

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!