Papo de Mulher

Mídia social: como isso realmente afeta nossa saúde mental e bem-estar?

By  | 

 

Sumer Travelling

 

O que deveria ser a melhor parte para unir pessoas está se transformando em um caos, em muitos momentos. As mídias sociais, não foram inventadas com o objetivo, que alguns estão utilizando. A maioria das pessoas está vivendo somente, para publicar e/ou compartilhar coisas intimas, nas redes sociais.

Identificar de que maneira as mídias sociais estão influenciando de maneira ruim a sua vida, é o primeiro passo para que você possa mudar algo em sua vida. Os alertas estão em todos os locais, alguns em formato de vídeos de humor, demonstrando a maneira como as pessoas estão aficionadas por essas mídias, enquanto outros mostram a realidade de uma forma bastante assustadora.

Para começar é preciso que você tenha a consciência que está com esse problema, só assim poderá soluciona-lo. Enfrentar de frente a realidade e assumir, que talvez as mídias sociais, estejam ocupando um lugar maior do que o correto em sua vida, é algo que possa deixar alguns constrangidos e ao mesmo, sem saber que caminhos seguir, ou que problemas isso pode causar.

Na saúde mental – nesse quesito entra inclusive à parte emocional de sua vida, que está intimamente ligada as causas de problemas chamados “mentais”. A mente e os sentimentos estão muito ligados, portanto, se você vivencia algo, isso poderá diretamente afetar a sua saúde mental.

Já está comprovado, basta que possamos observar em volta, o quanto é importante para algumas pessoas, serem “amadas” e “admiradas” nas mídias sociais, sejam elas, quais forem. Isso poderá afetar a saúde mental das pessoas, porque se não forem amadas ou “curtidas” o quanto esperam, podem começar a pensar em vários fatores, como por exemplo, que ninguém gosta delas, ou até mesmo que aquela amiga que tem mais “curtidas” ou “comentários”, é alguém melhor. Isso é um erro grave de transferência da realidade da vida, para as mídias sociais.

Cuide, se você está assim, se preocupando mais, em saber quantas pessoas curtiram ou comentaram suas publicações.

No bem estar – assim como na saúde mental, o bem estar, fica diretamente ligado, a maneira como a pessoa é tratada online, e como não é. Isso poderá acarretar vários problemas, alguns bem graves, como os casos, das meninas e mulheres, que fizeram dietas “malucas” e acabaram publicando em suas redes sociais “a magia para o corpo perfeito”. Quem tem a cabeça fraca, acaba entrando nessa também, e deixando o verdadeiro bem estar da saúde e da vida de lado.

É preciso ter coerência, e saber que o que vivemos online, sem precisa é o que realmente passa na vida real. Claro, que não podemos generalizar assim como a sociedade, as mídias sociais são baseadas em algumas coisas que acontecem no mundo real. Mas é preciso saber o momento de dar o basta, e saber que a vida, precisa ser pessoalmente.

Utilizar as mídias sociais, de uma forma correta, é uma maneira de não “estragar” tanto a sua saúde mental, quanto o seu bem estar. E a forma correta, é apenas, manter o equilíbrio, como tudo na vida.

Jornalista, apreciadora de alguns mundos paralelos e pessoas diferenciadas. Escritora há pelo menos 10 anos. Com sonhos na cabeça e vontades de realizar. Gaúcha. No momento trabalha ajudando as pessoas a serem melhores tanto na parte física, quanto emocional. Com convicções muito concretas sobre a vida, e o amor. Ama as palavras, as letras e as pessoas. Pois acredita que cada um tem algo a ensinar.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Content is protected !!