Saúde

Turbine a Memória Já!

By  | 

É preciso que, desde cedo, o cérebro seja estimulado continuamente, das mais diversas formas possíveis, já que, quando isso acontece, a memória passa a ser constantemente estimulada, o que, é claro, só proporciona benefícios para o cérebro.

Mas como fazer isso? Confira as dicas abaixo e descubra já!

1- Leve uma vida saudável

Levar uma vida saudável, com alimentação equilibrada, prática de atividade física, sono adequado, baixo consumo de álcool, exclusão do tabaco e o mínimo possível de estresse é essencial para preservar as funções cerebrais.

Praticar atividade física faz bem para todo o organismo, inclusive para o cérebro. É que quando se faz exercícios, há uma redução no risco de doenças cardiovasculares, já que o coração trabalha mais, e isso reduz as chances de problemas relacionados à memória.

Ter uma alimentação equilibrada e manter o peso estável também é essencial para a boa memória, já que, estudos revelam,  quanto mais excesso de peso maiores as chances de perda da memória e da capacidade cerebral. Não se sabe ainda quais os motivos, mas estudos feitos na Universidade College London, na Inglaterra, apontou que o excesso de peso acelera a deterioração das funções cognitivas.

sindrome-burnout

Uma alimentação rica em vegetais e em vitamina B12 também faz parte do combo para a “memória tinindo”. Um estudo feito na Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, demonstrou que uma certa substância, chamada de luteolina, que está presente nos vegetais, possui o poder de melhorar as funções cognitivas e reduzir as substâncias inflamatórias no cérebro. Consumir vegetais reduz essas inflamações, que são as grandes vilãs dos problemas relacionados à memória.

Já a vitamina B12 é primordial para o funcionamento cerebral, tanto que um estudo feito no Centro Médico da Rush University, em Chicago, nos Estados Unidos, demonstrou que  quem possui deficiência dessa vitamina tende a ter menos volume cerebral e maiores falhas cognitivas.

2- Medite

Ainda vista com um certo preconceito, a meditação é uma arma poderosa na preservação da memória. Ao menos é o que sustenta um estudo realizado no Massachusetts General Hospital, que constatou que as regiões cerebrais associadas à memória são mais densas em praticantes de meditação. Além disso, é evidente que a prática proporciona bem estar e melhor qualidade de vida. Quer mais? Bastam 20 minutos diários para, em dois meses, começar a notar os benefícios!

3- Leia muito!

Ler é o melhor exercício intelectual para manter a memória em dias! Portanto, tenha sempre um livro na bolsa e quando sobrar um tempinho, leia, leia e leia!

Não gosta de livros? Leia revistas, artigos em sites ou qualquer outra coisa, pois o que importa, de verdade, é ler!

4- Faça alguma atividade que desafie o cérebro

Sair do “normal” e fazer alguma atividade quem, de alguma forma, desafie o seu cérebro, é um ótimo exercício para a memória, já que isso amplia a reserva funcional do mesmo.

Sempre que tiver oportunidade, participe de situações desafiadoras, seja viajar para um lugar desconhecido, aprender uma língua diferente, experimentar uma comida nunca antes vista, tocar um instrumento e por aí vai.

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico minha vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, não poderia fazer outra coisa na vida. Com muito amor compartilho minhas dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros.com.br. E-mail: [email protected] @blogdakika

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!