Como Conciliar Carreira e Maternidade?

A cada dia é mais comum que as mulheres tenham filhos e, ao mesmo tempo, estejam inseridas no mercado de trabalho. Mas, apesar de comum, essa ainda é uma situação que causa culpa (por causa dos filhos) e muito estresse, vez que, na maioria das vezes, além de cuidar dos filhos e da carreira, ela ainda precisa dar conta da casa, sem falar do casamento, dos amigos, dos familiares e dela mesma, claro.

Como conciliar isso tudo? Fácil não é e quem tem profissões mais liberais ou horários mais flexíveis saem ganhando, já que dá para cumprir a carga horária no trabalho e como mãe. Psicólogos, dentistas e terapeutas, por exemplo, na grande maioria das vezes, podem fazer os próprios horários, o que facilita bastante.

As outras, que trabalham com hora marcada para entrar e para sair precisam fazer verdadeiros malabarismos para não descuidar nem dos filhos e nem da carreira. Nesses casos, mesmo sem a flexibilidade de horários, dá para participar ativamente da educação e formação dos filhos compensando o pouco tempo passado juntos com a qualidade desse tempo. Assim, quando estiver com os filhos, dedique-se apenas a eles e esqueça o trabalho.

O contrário também é válido: quando estiver trabalhando, trabalhe, foque no que você está fazendo naquele momento, para que assim a sua produtividade não caia. Dessa forma, sabendo equilibrar e vivenciar  os dois polos, consegue-se ser mãe e ter uma carreira.

vida-profissional-pos-carreira-37-1140

Muitas empresas relutam em contratar mulheres com filhos justamente porque acham que elas não conseguirão equilibrar os dois polos e é comum que a empresa veja com maus olhos a gravidez de suas funcionárias, já que isso implica mais gastos e faltas.

Com medo de empacar a vida profissional, muitas mulheres adiam o sonho da maternidade, muitas vezes indefinidamente, já que, acreditam elas, ao pararem para ser mães e viver o que a maternidade proporciona, ficarão “para trás” e perderão oportunidades profissionais.

Caso a maternidade seja um projeto de vida seu, saiba que é, sim, possível conciliá-la com a sua carreira profissional, desde que tudo seja feito de forma planejada, e isso inclui não só o planejamento do momento de engravidar, mas sim, e principalmente, um planejamento amplo sobre a sua carreira, os degraus que você quer galgar e como e quando chegar lá.

A etapa do planejamento inclui, ainda, preparar alguém para ficar no seu lugar, alguém que consiga, durante o período em que você ficar de licença maternidade, possa assumir as suas tarefas com competência, sem trazer prejuízos para a empresa.

Por isso, é importante escolher o melhor momento para engravidar e, consequentemente, interromper a sua carreira, fazendo tudo com o maior planejamento possível, para evitar problemas e arrependimentos futuros.

Claro que o período de licença maternidade gera uma grande insegurança, já que a competitividade no mercado de trabalho é selvagem e é normal que os medos e conflitos surjam, mas se a gravidez for planejada e comunicada à empresa com antecedência, assim como o retorno profissional, essa ansiedade reduz bastante, já que diminui as possibilidades de conflitos.

1 Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>