Tecnologia e saúde: novo anticoncepcional!

Sabemos que com toda essa globalização e o avanço da tecnologia, o mundo não para e o desenvolvimento, bem como as novidades, chegam muito mais rápido do que antigamente.

Na área da saúde não é muito diferente. Esse avanço da tecnologia também traz muitas novidades. Isso é algo muito importante, pois com esses avanços tecnológicos é possível até mesmo salvar muitas vidas.

Referente a essas tecnologias na área da saúde, muitos estudos estão sendo realizados, referente a novas técnicas para cirurgias, outros relacionados a próteses e outros ligados a área dos medicamentos.

O mais novo estudo que vem sendo explorado por empresas norte americanas é uma pílula anticoncepcional que, se tudo der certo, será em forma de um chip e instalado embaixo da pele.

O chip…

O responsável pelo desenvolvimento desse novo medicamento é a empresa MicroCHIPS. Seu sistema funcionará da seguinte maneira: o chip será implantado embaixo da pele e, segundo os estudiosos, não causará nenhum tipo de desconforto, sendo ativado e desativado com um controle remoto, sem que seja preciso ir até o médico.

Segundo eles, as doses de hormônio são liberadas diariamente sem que a mulher precise se lembrar de nada e o chip pode durar até 16 anos, quase metade da vida fértil das mulheres.

O local em que é possível aplicar os chips são sob a pele das nádegas, abdômen ou antebraço. Quando o sistema do chip está ativado, ele libera doses de 30 microgramas de levonogestrel, hormônio usado também em outros métodos contraceptivos.

Caso realmente dê tudo certo nesse estudo, acreditam que em 2018 será possível a introdução desse novo tipo de pílula no mercado, deixando de lado os antigos tipos de anticoncepcionais, como: pílulas, anéis e adesivos já existentes no mercado.

Com a chegada desse novo produto no mercado, com certeza, os anticoncepcionais estarão muito mais modernos e quem sabe mais eficazes do que hoje, ajudando muitas mulheres.

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>