Bem-estar

Como Manter O Equilíbrio?

By  | 

Todo mundo passa por problemas, todo mundo se desilude, todo mundo vive situações que causam desequilíbrios físicos e, principalmente, emocionais. É o colega que “puxa o tapete”, é a concorrência insana, é o reconhecimento que não vem, é a relação que não engrena, enfim, situações que fogem do controle e que precisam ser resolvidas, mesmo que internamente.

Para resolver essas questões e, ao mesmo tempo, conseguir conviver com o outro, é necessário uma dose grande de autocontrole para não acabar agindo por impulso, se arrependendo e se desequilibrando ainda mais.

A Incrível Arte Da Convivência

A convivência, com quem quer que seja, nunca é fácil, e, por isso, o diálogo é sempre a melhor “arma”, enquanto que o “bater de frente”, que é bem diferente de saber se impor, quase sempre é o caminho errado.

É preciso, ainda, aprender a ser diplomático, a evitar confusões desnecessárias, a não se envolver no que não diga, diretamente, respeito à você e, nunca, jamais, fazer fofoca.

http___meme_zenfs_com_u_ce011387f52bf8326c937197a48dac9564c77c5d

Caso o problema seja a dificuldade de se entrosar com o outro, de criar vínculos, o melhor a fazer é “baixar a guarda” e dar uma oportunidade para que as pessoas se aproximem de você. Não foi com a cara da nova colega de trabalho? Tente dar uma chance pra ver se a “cisma”, se a má impressão, vai embora, afinal, as primeiras impressões nem sempre são as que demonstram o que realmente as pessoas são.

Insatisfações

Como manter o equilíbrio se você está insatisfeita? Não tem como! Se algo não te satisfaz, seja no relacionamento, no trabalho, na faculdade ou em qualquer tipo de relação, isso precisa ser resolvido o quanto antes, pois quanto mais tempo passa, mais você acumula frustrações e, quando explode, é uma bomba desgovernada.

Quando algo causa frustração, quando algo não satisfaz, é preciso, primeiro, estabelecer as causas e, em seguida, partir para a mudança. Não vale se acomodar, porque a situação não vai se resolver sozinha.

O medo da mudança sempre vai existir e é natural que as pessoas se acomodem diante das situações, que fiquem na chamada “zona de conforto”, mesmo que elas não sejam boas, mesmo que elas causem insatisfação, justamente pelo fator segurança, pelo comodismo, mas a vida só muda quando se enfrenta esse sentimento que paralisa.

Dicas Que Ajudam

O equilíbrio se consegue através do autocontrole diário, e isso requer disciplina. Exercícios de relaxamento, meditação e ioga, também ajudam, porque tendem a centrar a pessoa.

Relaxar, ao contrário do que parece, é fácil. Basta ir para algum lugar tranquilo, que pode, até, ser o próprio quarto, colocar uma música suave, e respirar corretamente, inspirando, segurando um pouco e depois, lentamente, ir soltando o ar. Pode-se, ainda, usar óleos essenciais, como o de lavanda ou melissa, que são relaxantes. Cinco minutos por dia é mais do que suficiente para fazer esse exercício, que relaxa e centra.

Outra coisa que ajuda muito no equilíbrio emocional é o reiki, que reequilibra os chakras e induz ao relaxamento, além da meditação, é claro.

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico minha vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, não poderia fazer outra coisa na vida. Com muito amor compartilho minhas dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros.com.br. E-mail: [email protected] @blogdakika

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!