Saúde

Pílula Combinada: Quando é Contra-indicada?

By  | 

A pílula anticoncepcional é, sem dúvida, um dos medicamentos mais importantes já criados, e talvez por isso mesmo seja o “remédio” mais estudado em todo o mundo. Nada mais justo, já que ela é usada por mulheres de todo o mundo e afeta muita coisa no organismo.

Atualmente a pílula, como é chamada,  já está bastante evoluída e usa dois hormônios, o estrógeno e o progestágeno, em concentrações bem baixas, para minimizar os possíveis efeitos colaterais, que, sim, ainda existem e podem ser potencializados pelos hábitos de vida, pela herança genética, pelo uso do cigarro e pelas condições gerais de saúde, por exemplo.

Assim, em alguns casos, que vocês verão abaixo, o uso da pílula combinada não é indicado:

Histórico de Trombose

É fato que a pílula anticoncepcional favorece sim, a formação de coágulos, que é um dos fatores que causam a trombose, então, mulheres que já tiverem trombose ou possuem predisposição genética para tal não devem fazer uso desse tipo de método contraceptivo.

Captura de tela inteira 05052013 180657

Obesidade

Mulheres obesas são mais propensas a ter problemas cardíacos, hipertensão e colesterol alto. Além disso, o tecido adiposo, quando em excesso, acaba gerando a produção de cerca de quinze substâncias que afetam o organismo, por isso é preciso que seja avaliado qual o custo benefício da pílula para essas mulheres, bem como os riscos de problemas relacionados a coagulação.

Cigarro

Quem fuma e usa pílula anticoncepcional possui um risco muito maior de desenvolver doenças cardiovasculares, sobretudo se já passou dos 35 anos. Isso acontece porque o cigarro afeta de várias formas o sistema vascular arterial. Associado a isso há o fato de que a pílula combinada comprovadamente favorece a coagulação sanguínea, o que pode levar a quadros de trombose, acidente vascular cerebral e infarto, por exemplo.

Hipertensão

Via de regra, a hipertensão é um mal silencioso que apresenta sintomas apenas nos seus estágios mais avançados, o que é um problema para quem toma anticoncepcional, sendo, por isso, indicado ter o controle da pressão arterial antes de começar a usar algum anticoncepcional.

O grande problema aqui é as mulheres hipertensas são muito mais propensas a desenvolverem doenças cardiovasculares, e isso, associado ao uso da pílula, pode levar a quadros de trombose e acidente vascular cerebral, dentre muitas outras coisas.

Doenças do Fígado

Qualquer medicamento ingerido por via oral é metabolizado pelo fígado, então, se a pessoa possui qualquer tipo de lesão nesse órgão, como “gordura no fígado” ou cirrose, por exemplo, o uso da pílula vai acabar sobrecarregando o fígado. Pode acontecer, ainda de, estando sobrecarregado, o fígado não metabolizar os hormônios, o que significa que desregula os níveis hormonais no organismo.

Varizes

A presença das varizes já é um indicativo de que existem problemas relacionados à circulação sanguínea, o que indica que o sangue não consegue seguir o seu percurso normalmente, o que favorece a formação de coágulos. Nesses casos, sobretudo quando há a presença de outros fatores de risco, como hipertensão e obesidade, o uso da pílula combinada pode não ser indicado, já que não é seguro.

Rate this post

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico minha vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, não poderia fazer outra coisa na vida. Com muito amor compartilho minhas dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros.com.br. E-mail: [email protected] @blogdakika

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!