Relacionamento

Como Superar As Crises Nos Relacionamentos?

By  | 

Relacionamento é uma arte que ninguém nasce sabendo. Aprende-se com o tempo, de relação em relação e, mesmo assim, nunca aprende-se o suficiente, já que as pessoas e situações envolvidas nunca são iguais.

Por isso, as crises são parte de toda e qualquer relação, sobretudo das mais longas, onde a rotina  e a convivência vão minando, pouco a pouco, o relacionamento.

Para superar as crises, primeiro é preciso saber que elas existem, são absolutamente normais e que é preciso lidar com isso, ao invés de fugir e pular de relação em relação.

Mas como superar as crises? Receitas prontas não existem, mas é certo que o diálogo é essencial, assim como saber entender e acolher as fragilidades e “defeitos” do outro.

Embora as dicas acima possam ajudar a resolver uma boa parte dos conflitos presentes no dia a dia dos casamentos, há momentos em que não podemos escapar de uma boa conversa. E nessa hora alguns cuidados podem também ajudar a enfrentar as crises.

Relacionamento-amoroso-em-crise

Há quem diga que discutir a relação é algo desnecessário, mas isso é um equívoco. Seja lá o que esteja causando essa crise, que pode ter dezenas de motivos, isso precisa ser conversado claramente, pois só assim, um ouvindo o ponto de vista do outro e tentando entender, pode-se entrar num consenso e superar esses momentos críticos.

A grande maioria das crises ocorre porque as pessoas, ao invés de colocar as coisas em pratos limpos no momento em que acontecem, vão “guardando”, acumulando, e isso, é claro, vai “estourar” em algum momento. É preciso, não acumular problemas, pois eles devem ser resolvidos assim que surgirem.

Se algo desagrada, se algo precisa ser falado, que seja já e da forma mais “suave” possível, para não magoar o outro. Esse é um ponto essencial, pois a forma de falar, muitas vezes determina o “curso” da conversa e também do problema.

O que não vale, nesses momentos, e em nenhum outro, aliás, é minimizar as insatisfações do parceiro, é não dar importância para os seus questionamentos, é agredir verbalmente, é abandonar emocionalmente. Isso não pode, nem em momentos de crise, nem nunca.

Quando a crise decorre de problemas ou situações que deixaram grande mágoa, como em casos de traição, por exemplo, é preciso que a pessoa, além de perdoar, se for o caso, aprenda a lidar com essa mágoa, externá-la e, por fim, se livrar de tudo isso, caso contrário a crise será eterna. Se isso não for feito, o jogo de culpa não acabará nunca e consequentemente, a crise, já que ela vai “jogar” isso na cara do parceiro o tempo todo.

Para ajudar nesses momentos, um psicólogo ou mesmo um terapeuta são essenciais.

Mas não basta lidar com a mágoa, pois para sair da crise é preciso “refazer os laços” e isso se faz todos os dias, com pequenos gestos. É preciso cuidar da relação, investir em cada etapa dela, inovar, para não deixar que a rotina tome conta e os desgastes acabem fazendo com que a  relação amorne e, por fim, acabe.

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico minha vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, não poderia fazer outra coisa na vida. Com muito amor compartilho minhas dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros.com.br. E-mail: [email protected] @blogdakika

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Content is protected !!