Saúde

Chás e seus benefícios

By  | 

Toda mulher que cozinha sabe que cada planta ajuda em alguma coisa em relação à saúde. A erva camomila acalma, o maracujá também, o gengibre é bom para quem sofre com enjoos e o guaco é ótimo para aliviar os sintomas da gripe. Esses são alguns dos exemplos de receitas que estão há anos na boca do povo. É normal que sua mãe, vó, tia, alertem você sobre os benefícios destas e de outra infinidade de planta. Se antes a grande maioria dos médicos não acreditam no poder dos fitoterápicos, hoje muitos deles receitam as ervas e plantas para seus pacientes.

A medicina mudou e está acreditando mais nos fitoterápicos. Muitos especialistas preferem dar uma chance do paciente não consumir medicamentos muito fortes e encontrar uma alternativa mais leve e não menos benéfica ao corpo. Um dos exemplos que mais está dando certo é a recomendação de passiflora para mulheres que sofrem com crises de ansiedade e compulsão alimentar. O fitoterápico, neste caso, pode ajudar muito a combater os sintomas e também pode trabalhar em conjunto com um um tratamento específico para estes transtornos.

E para comprovar a eficiência das plantas e ervas no tratamento de muitas doenças, a Organização Mundial de Saúde (OMS), aprova o uso de fitoterápicos para acompanhar tratamentos médicos. De acordo com afirmações da organização, mais de 80% da população do mundo são adeptas ao uso de ervas e plantas medicinais. Mas, mesmo com tantos benefícios e campanhas de favorecimento, é preciso saber que antes de consumir qualquer planta, é preciso consultar um médico especialista ou um nutricionista. É bom saber que tem pessoas que não podem consumir essas plantas e que precisam de uma acompanhamento, principalmente aquelas que já usam ou fazem tratamento de saúde com medicamentos tradicionais.

chaMM

As plantas medicinais, em forma de fitoterápico, podem ser encontradas à venda em farmácias de manipulação ou em lojas de artigos naturais. Elas são processadas e depois vendidas como extratos e pequenas porções. Alguns deles precisam de receita médica. Já as plantas comuns, como cidreira, melissa, guaco, podem ser plantadas no quintal da sua casa e consumidas em forma de chá, principalmente. Essa bebida é ótima para esquentar o corpo. Cada erva tem um benefício, mas o chá quente consegue relaxar o corpo e também amenizar dores e tensões. O chá consegue, também, dar uma sensação de alívio e bem-estar.

De acordo com livros e palavras de especialistas no assunto, dos chás mais consumidos estão a melissa ou chá de cidreira, que são ervas é bom para quem sofre com insônia ou está muito agitado. Esses dois chás são calmantes naturais, que podem ser ingeridos antes de dormir. Porém, se em muita quantidade, eles podem baixar a pressão e você ficar um pouco tonta. É recomendado apenas uma xícara por dia.

A mesma medida vale o chá de tanssagem, ótimo cicatrizante, ideal para gargarejos para garganta inflamada ou para aftas na boca. Já as mulheres que têm problemas de estômago ou que comeu demais e não querem passar mal, podem optar pelo chá de boldo, que consegue melhorar a digestão da refeição.

Rate this post

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!