Saúde

Dicas Para Evitar a Sinusite

By  | 

A sinusite, que afeta a face, é, apesar disso, uma doença incapacitante para muitos pacientes, já que costuma causar dores de cabeça bem fortes, pressão na face, congestão nasal, dentre outras coisas, o que atrapalha o cumprimento das tarefas diárias, desde as mais simples.

Para ficar longe desse problema, confiram as dicas abaixo!

Lavagem Nasal É Essencial

Manter os “canais” do nariz limpos deveria ser um hábito como escovar os dentes, já que evita tanto as dores de cabeça quanto os problemas respiratórios, e, para quem tem sinusite, ela é essencial, já que, como ajuda a fluidificar as secreções, facilita a drenagem das mesmas.

Como fazer isso? Simples, basta usar soro fisiológico, preferencialmente na versão spray, três vezes ao dia nas cavidades do nariz. Caso o quadro já tenha evoluído, a lavagem pode ser feita mais vezes.

Sinusite_1

Aumente o Consumo de Água

A ingestão de água ajuda fluidificar as secreções, sendo de importância fundamental para evitar as crises de sinusite, já que, quando isso acontece, as secreções ficam concentradas e não são eliminadas.

Aprenda a Inalar Vapor!

Quando as mucosas nasais estão ressecadas, as impurezas e resíduos acabam se acumulando, o que acaba se transformando no ambiente perfeito para a proliferação de micro-organismo que, dentre outras coisas, podem causar infecções e sinusite, que é uma infecção. A inalação do vapor limpa as vias aéreas, fluidifica as secreções e evita o problema.

Mantenha seu ambiente sem alérgenos!

Quem tem problemas respiratórios como asma, alergias, rinite e sinusite, bem sabe que o contato com qualquer alérgeno pode desencadear crises de espirros, coriza e coceira nos olhos. Além disso, a região nasal costuma inchar, e isso  pode ser uma “porta de entrada” para a sinusite, já que ”bloqueia” o nariz e facilita o acúmulo de secreções, o que, como se sabe, acaba resultando em sinusite!

Portanto, afaste de sua casa todo e qualquer  elemento que possa causar alergias, como poeira, pólen, cheiros fortes e mofo, por exemplo.

Cuidado com o Frio

É o nariz quem tem a função de “filtrar” o ar, após aquecê-lo e umedecê-lo, e como nas temperaturas mais baixas é mais difícil respirar, já que é preciso deixar o ar retido por mais tempo para ser aquecido antes de ir para os pulmões, frio é péssimo para quem tem sinusite.

Quando a mudança de temperatura é feita de forma brusca, a coisa consegue ficar ainda pior, já que pode acontecer uma paralisia temporária dos batimentos ciliares, que são responsáveis pelo aquecimento do ar, o que significa acúmulo de secreções e, consequentemente, sinusite!

Esqueça de Vez o Ar Condicionado!

Essa talvez seja a dica mais difícil de seguir, sobretudo para quem vive em regiões quentes, mas é importante evitar o uso do ar condicionado porque ele consegue, de uma só vez, “combinar” três problemas que pioram ou facilitam  a sinusite. O ar condicionado resfria o ambiente, péssimo para quem tem sinusite, favorece a concentração de impurezas, possíveis alérgenos que podem desencadear crises e retira a umidade do ar, deixando o nariz seco.

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico minha vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, não poderia fazer outra coisa na vida. Com muito amor compartilho minhas dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros.com.br. E-mail: kika@patricinhaesperta.com.br @blogdakika

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!