Saúde

Doenças de Outono: Cuidado!

By  | 

O outono chegou e logo o inverno “bate na porta”, o que significa tempo mais frio e ar mais seco, o que não só propicia o aparecimento, mas também a disseminação de algumas doenças consideradas típicas dessas estações.

A gripe, por exemplo, é uma doença muito comum no outono e no inverno, e aqui vale salientar que gripe e resfriado são doenças diferentes, embora muita gente considere as duas como similares.

A gripe é uma doença causada por um vírus, o influenza, e possui sintomas bem mais fortes que o resfriado, como a febre mais alta, o prostração completa, dores pelo corpo, tosse forte, coriza e dores de cabeça, podendo evoluir para quadros mais graves ainda, o que aumenta os riscos e pede mais cuidados. Já o resfriado possui sintomas mais amenos, embora similares, como febre, tosse, coriza  e dor de garganta, sendo causado por vírus diversos, como o adenovírus, o rinovírus, o sincicial respiratório e o coronavírus.

Como é mais grave e perigosa, sobretudo para as pessoas com o sistema imune mais debilitado, como os idosos, as crianças e os portadores de doenças crônicas, a gripe é tratada com mais cautela pelo Ministério da Saúde, que só esse ano vai distribuir mais de quarenta e dois milhões de vacinas contra o vírus da influenza, justamente para tentar reduzir a quantidade de pessoas infectadas.

chaMM

Muitas pessoas ainda encaram a vacina da gripe como algo não essencial, mas ela reduziu enormemente a incidência da doença nos últimos anos. A grande questão é que não existe apenas um vírus da gripe, e a pessoa que toma a vacina e tem gripe depois acha que a vacina não fez efeito, mas na verdade ela não está imunizada contra todos os tipos de vírus, apenas alguns.

Além da gripe e do resfriado, é comum que nessas estações as doenças infecciosas sejam mais frequentes, já que podem ser retransmitidas por bactérias e vírus presentes no ar e também em superfícies contaminadas. Por isso as crises de sinusite, de laringite e de pneumonia são mais frequentes nessa época, além da conjuntivite e das alergias respiratórias, inclusive a rinite.

Quando o sistema imune está debilitado, seja por causa de doenças ou por questão de idade, como nas crianças, que não tem o sistema imune maduro, e nos idosos, a propensão para adquirir uma dessas enfermidades é ainda maior e, por isso, é preciso muito cuidado, evitando, inclusive, locais muito fechados e aglomerações, que facilitam a disseminação das doenças. Pessoas que fumam e que  utilizam medicamentos que abaixam a imunidade, como os corticoides, por exemplo, precisam também tomar mais cuidado, já que são mais vulneráveis e mais propensos a contrair doenças do outono.

Além disso, todos devem ter mais cuidado com os hábitos de higiene, lavando as mãos com mais frequência, usando álcool em gel e tendo cuidado em “tocar” nas superfícies de ambientes muito frequentados, que tendem a ter um acúmulo maior de vírus. Não se pode esquecer, também, de se vestir com roupas mais adequadas ao tempo frio, mantendo o corpo agasalhado.

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico minha vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, não poderia fazer outra coisa na vida. Com muito amor compartilho minhas dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros.com.br. E-mail: kika@patricinhaesperta.com.br @blogdakika

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!