Saúde

Maracujá: É Calmante e Emagrece!

By  | 

O maracujá, que tem sabor azedinho, caiu no gosto popular tanto pela ação calmante quanto pela suposta ação emagrecedora.

Mas o que ele tem para ser tão poderoso? Além de poucas calorias, o que faz dele o fruto ideal para sucos em dietas de emagrecimento, o maracujá é rico em minerais como o fósforo, o cálcio, o sódio, o ferro e o potássio, e em vitaminas como a vitamina A, vitamina C e as vitaminas do complexo B. Fora isso, é rico em fibras solúveis e antioxidantes.

É Calmante Mesmo?

O maracujá contém uma quantidade considerável de flavonoides e alcaloides, substâncias que, no sistema nervoso, agem como tranquilizantes e relaxantes musculares e, por isso, ele é tão utilizado em problemas relacionados à insônia, à irritabilidade, aos distúrbios do sono e ansiedade, dentre outros.

De modo geral, é com as folhas que são feitos os chás, infusões e “preparos” calmantes, já que é nelas que estão concentrados a grande maioria desses ativos,  mas é preciso tomar cuidado com os chás feitos em casa, com folhas retiradas diretamente do maracujazeiro pois elas podem conter alguns compostos tóxicos.

maracuja

Maracujá Emagrece?

A farinha de maracujá vem sendo largamente utilizada por quem deseja se livrar de uns quilinhos a mais, mas será que funciona mesmo?

Bom, além de ser pouco calórico o maracujá é uma boa fonte de fibras solúveis. Mas a farinha, que é feita da casca do fruto, é rica em pectina, que é um tipo específico de fibra que bloqueia a absorção da gordura contida nos alimentos, o que ajuda no emagrecimento.

Quando no estômago, a pectina se transforma em um tipo de gel que não é digerível, o que gera uma maior sensação de saciedade. Com isso, sente-se menos fome, come-se menos e o emagrecimento é maior.

Essa mesma fibra faz uma espécie de faxina no organismo que elimina as toxinas acumuladas, o que reequilibra o metabolismo e mantém o organismo funcionando direito.

Estudos comprovaram que após 70 dias de consumo diário da farinha de maracujá, houve dentre os voluntários, uma perda de peso considerável, além de redução nos níveis do colesterol ruim.

Além da ação emagrecedora, a casca do maracujá, conforme demonstram estudos realizados, ajuda a evitar os picos de insulina, o que é particularmente benéfico para os diabéticos, e combate o colesterol ruim.

Existe uma variedade enorme de espécies nativas e algumas delas ajudam no combate de dezenas de doenças, como o estresse, a diabetes, a enxaqueca, os problemas cardíacos, a obesidade e a tensão pré-menstrual, por exemplo.

Cuidados Extras

Mas, para aproveitar os benefícios do suco, do chá e da farinha de maracujá, é preciso tomar alguns cuidados.

Primeiro que o consumo precisa ser diário. Então, para não enjoar, misture no iogurte, na salada, no bolo, na salada de frutas ou no shake, por exemplo.

Segundo que, por ser rico em fibras, é indispensável intensificar o consumo de água, caso contrário muitos problemas, como intestino preso, podem surgir.

Terceiro que não vale “enfiar o pé na jaca”! O maracujá, em qualquer versão, é um coadjuvante, mas se você não ajudar, não maneirar na alimentação, a coisa não vai surtir efeito!

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico minha vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, não poderia fazer outra coisa na vida. Com muito amor compartilho minhas dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros.com.br. E-mail: kika@patricinhaesperta.com.br @blogdakika

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!