Dieta

Níveis baixos de vitamina D associado ao diabetes infantil

By  | 

Baixos níveis de vitamina D são muito mais comuns em crianças obesas do que em relação às que não são obesas e estão associadas com a resistência à insulina, um fator de risco para diabetes tipo 2. Foi o que revelou uma nova pesquisa realizada na França. O estudo incluiu 411 crianças obesas e 87 crianças que não estavam acima do peso. Os pesquisadores mediram os níveis de vitamina D das crianças, os níveis de açúcar no sangue, a insulina sérica, índice de massa corporal e pressão arterial. As crianças também foram questionados sobre o seu consumo diário de refrigerantes, sucos, leite, frutas e legumes, e se elas costumavam não tomar o café da manhã.

O novo estudo descobriu que as crianças obesas com níveis mais baixos de vitamina D tinham um maior grau de resistência à insulina e embora essa nova pesquisa não pode provar o nexo de causalidade, ela sugere que os baixos níveis de vitamina D podem desempenhar um papel no desenvolvimento da diabetes tipo 2.

As crianças obesas que tiveram maus hábitos alimentares, como não tomar o café da manhã, comer em excesso, comer uma quantidade exagerada de doces e frituras e beber muito refrigerante, também tendem a ter níveis mais baixos de vitamina D, segundo o estudo.

Pesquisas futuras devem ser feitas, para que possa realmente certificar-se de que a quantidade adequada de vitamina D para essas crianças obesas também pode ajudar com a resistência à insulina. Estudos anteriores já haviam mostrado a ligação de níveis baixos de vitamina D em relação à doença cardiovascular e diabetes tipo 2. Ainda não se sabe exatamente como a obesidade está relacionada a deficiência de vitamina D.

De fato, nos últimos anos temos visto a população geral deixando os bons hábitos alimentares de lado, muito por conta do grande estresse e cobrança sob os quais essas pessoas vivem.

E o pior, é que esse hábito de optar por refeições rápidas acabou chegando nas crianças, que atualmente não abrem mão dos doces, salgadinhos e tantas outras guloseimas. Também é muito comum comer em frente à TV ou tela do computador, o que com certeza é muito ruim, pois além de comer mais é um incentivo ao sedentarismo.

Por isso, é muito importante estar ligado na alimentação das crianças e inserir uma dieta saudável em suas refeições, pois uma má alimentação pode provocar danos à saúde a curto e longo prazo.

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico a vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, por isso... com muito amor <3 compartilho dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros. Insta: @blogdakika E-mail: kika@patricinhaesperta.com.br Lindona, se gostou, clica na estrelinha acima e vote ;-) Compartilhe com suas amigas. Beijos no coração.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!