Saúde

Alimentos Para Quem Tem Gastrite

By  | 

A queimação no estômago e a dor que não passa no alto da barriga são sintomas claros da gastrite, que também pode se manifestar com enjoos e vômitos.

A gastrite, que é um problema muito comum, é um tipo de inflamação na mucosa do estômago, e, por isso, o seu tratamento inclui mudança de hábitos alimentares, já que quem tem esse tipo de problema não deve ingerir alimentos ácidos, alimentos gordurosos, vinagre e cafés, pois esses alimentos pioram a situação.

Contudo, apesar dessas restrições, existem alimentos que não só não provocam ou pioram a situação, como ajudam a controlar o problema!

SAIBA MAIS: Como Abandonar Hábitos Ruins?

dicas-alimentação-gastrite

Para começo de conversa é preciso estabelecer um novo hábito alimentar que inclua cinco refeições por dia, sempre feitas de forma tranquila e em quantidades reduzidas. Sim, grandes porções de uma só vez estão vetadas! É proibido que o estômago fique vazio, pois quando isso acontece o suco gástrico acaba atacando as paredes do estômago e agravando o problema, portanto, tenha sempre a mão biscoito de maisena, que não contém gordura e não piora o problema, assim como as frutas não ácidas.

Frutas que não sejam ácidas estão liberadas pois não agridem o estômago, então, em quantidades adequadas, dá para consumir, banana, pera, mamão, goiaba, maçã e laranja lima, por exemplo, que, ao contrário do que muita gente pensa, não é cítrica.

Uma porção de frutas entre as refeições é o ideal, pois evita que o estômago fique vazio e alimenta sem agredir.

Outra coisa que ajuda muito são os chamados “chás do bem“, que são os chás digestivos, como o alecrim e o hortelã, que são calmantes e, assim, reduzem a acidez estomacal, minimizando as cólicas e a azia.

Dentre os sucos, um que auxilia  bastante é o chá de aloe vera (babosa), que é cicatrizante e, por isso, ajuda a cicatrizar a ferida localizada no estômago. O ideal é que o suco seja tomado, em pequena quantidade, todos os dias.

 O suco verde, muito utilizado para desintoxicação, também é uma boa pedida para quem sofre com a gastrite, já que é um suco muito rico em clorofila, zinco, vitamina C e magnésio, que ajudam na recuperação das feridas estomacais.

Além dos sucos, os iogurtes com lactobacilos, que também já são vendidos em pó e até em cápsulas, auxiliam muito, pois a gastrite ataca as bactérias do bem que residem no estômago, e os lactobacilos, bactérias do bem, fazem o tecido estomacal se recuperar melhor e mais rapidamente.

Uma coisa que preocupa as pessoas que têm gastrite é a possibilidade de “cortar” a carne da dieta por causa da gordura, mas isso não é necessário, pois peixes e frangos magros, preparados sem gordura, podem ser consumidos sim! Por isso, optem por pratos grelhas, assados ou cozidos.

SAIBA MAIS: Linhaça e Óleo de Peixe no Combate a Síndrome Metabólica

O consumo de legumes e verduras é muito indicado, desde que refogados para não machucar a parede intestinal.

E, por último, não se pode esquecer do caldo de feijão, que pode ser consumido, ao contrário do grão de feijão, que causa fermentação no estômago.

Rate this post

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico minha vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, não poderia fazer outra coisa na vida. Com muito amor compartilho minhas dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros.com.br. E-mail: kika@patricinhaesperta.com.br @blogdakika

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!